Amadeus (Desde 1987)

Tipos de Restaurantes: Peixes e frutos do mar
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Haddock Lobo, 807 - Crillon Plaza Residence - Cerqueira César - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30612859(11) 30881792
Horário:
segunda-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
terça-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sexta-feira
12:00 - 16:30 - 19:00 - 00:00
sábado
12:00 - 16:30 - 19:00 - 00:00
domingo
12:00 - 17:00
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa e American Express
Cartões de dédito: Visa Electron

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 15,00), Lugares/Capacidade total (56), Comida (couvert) (R$ 19,00) (1), Levar vinhos (permite) (R$ 90,00) (2)

(1)R$ 16,00 (almoço) e R$ 19,00 (jantar), (2)com restrição

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

A chef Bella Masano mescla receitas introduzidas por seus pais, Ana e Tadeu Masano, com suas próprias criações. É o caso de um tentador camarão-rosa na companhia de arroz negro (R$ 138,00). O mesmo acompanhamento, feito dessa vez com vôngoles, torna-se par da pescada-amarela guarnecida de couve e cenoura (R$ 96,00). Antes, prove o mutante couvert (R$ 16,00, no almoço, e R$ 19,00, no jantar), que pode ser composto de pastel de camarão, polvo com abobrinha e berinjela com aliche, além de uma sopinha. Uma nota de doçura vem das texturas de coco (R$ 32,00), um trio de manjar na calda de caju, sorvete e cocada mole. Há também dois menus degustação, um a R$ 215,00 e o outro a R$ 255,00.

Preços checados em setembro/outubro de 2016.

    MEXILHÃO

    Esses frutos do mar não estão no menu, mas basta pedi-los que o garçom os traz (R$ 35,00) acompanhados de aïoli e vinagrete com salsão.

    Preços checados em 24 de janeiro de 2017

    Comer e beber

    • 2015 - Participante

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      Na casa de Ana e Tadeu Masano, a alma da cozinha é a filha deles, Bella Masano. Além de manter as antigas receitas do cardápio, que têm muitos fãs pela cidade, a chef também propõe sugestões de sua autoria. É o caso do saboroso duo de polvo (R$ 46,00), na forma de um carpaccio e também grelhado num jogo de texturas e sabores, e do fresquíssimo peixe do dia, que pode ser pescada-amarela ao molho levemente picante com purê de palmito pupunha (R$ 88,00). No capítulo dos doces, uma das novidades é o pudim de macadâmia com sorvete (R$ 26,00). Durante a semana no almoço, vale provar o menu executivo (R$ 79,00), que pode incluir itens como a musse de aspargo com salmão defumado, o linguini com frutos do mar e o manjar de coco. Bella faz também um menu autoral em cinco etapas nos jantares e em fim de semana a R$ 189,00. (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Vencedor

      Votação popular - restaurantes chef do ano Comer & Beber .

      É notável como a chef Bella Masano apresenta arrojadas receitas de sua criação ao mesmo tempo em que preserva os clássicos do cardápio introduzidos por seus pais, Ana e Tadeu Masano. Convivem em perfeita harmonia receitas como a moderna e estimulante ostra fresca (de criação própria, no litoral de Santa Catarina) com vinagrete de melancia mais cubinhos de bacon. Custa R$ 26,00 a porção com quatro unidades. O tradicional cuscuz de camarão sai por R$ 36,00. Esses pratos também podem ser saboreados em diferentes degustações, a mais antiga delas dedicada apenas ao camarão (R$ 195,00). Em busca de uma constante renovação, a cozinheira propõe em seu menu autoral (R$ 172,00) sugestões como o espetacular espaguete de palmito pupunha com anéis de lula e vieira e o tentáculo carnudo de polvo sobre creme de mandioca matizado pelo vermelho da pimenta-biquinho. Ela também estampa em suas sugestões novas sobremesas. A deliciosa musse de chocolate amargo sobre biscoitos moídos vem em um vasinho metálico acompanhada de uma pequena pá de jardinagem (R$ 25,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Participante

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      É notável como a chef Bella Masano apresenta arrojadas receitas de sua criação ao mesmo tempo em que preserva os clássicos do cardápio introduzidos por seus pais, Ana e Tadeu Masano. Convivem em perfeita harmonia receitas como a moderna e estimulante ostra fresca (de criação própria, no litoral de Santa Catarina) com vinagrete de melancia mais cubinhos de bacon. Custa R$ 26,00 a porção com quatro unidades. O tradicional cuscuz de camarão sai por R$ 36,00. Esses pratos também podem ser saboreados em diferentes degustações, a mais antiga delas dedicada apenas ao camarão (R$ 195,00). Em busca de uma constante renovação, a cozinheira propõe em seu menu autoral (R$ 172,00) sugestões como o espetacular espaguete de palmito pupunha com anéis de lula e vieira e o tentáculo carnudo de polvo sobre creme de mandioca matizado pelo vermelho da pimenta-biquinho. Ela também estampa em suas sugestões novas sobremesas. A deliciosa musse de chocolate amargo sobre biscoitos moídos vem em um vasinho metálico acompanhada de uma pequena pá de jardinagem (R$ 25,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      Uma festa do mar. Essa é a proposta de Bella Masano reafirmada a cada dia. À frente do restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, a cozinheira consegue tirar partido do que para muitos cozinheiros poderia parecer uma limitação: trabalhar apenas com pescados. Uma das melhores maneiras de aproveitar seu esmero é escolher o menu degustação (R$ 172,00), no qual alguns pratos também podem ser pedidos individualmente. Trazida de um criatório próprio de Santa Catarina, a ostra fresquíssima tem seu sabor valorizado a um surpreendente vinagrete de melancia e discretos cubinhos de bacon (R$ 22,00). O camarão gigante no azeite, alho e salsa tem como parceiras alcachofrinhas aromatizadas em ervas (R$ 96,00). À la carte, há sugestões como o tentáculo de polvo sobre creme de mandioquinha colorido por um toque vermelho de pimenta-biquinho (R$ 88,00). De sobremesa, o coco em diferentes texturas (R$ 26,00) combina sorvete, cocada fresca e manjar na calda de caju. Há também um menu de almoço (R$ 75,00) durante a semana. Torça para encontrar entre as sugestões do dia o melhor bobó da cidade, feito com um sedoso creme de mandioca perfumado por azeite de dendê, no qual estão mergulhados carnudos camarões. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Indicado

      Restaurantes chef do ano Comer & Beber .

      Uma festa do mar. Essa é a proposta de Bella Masano reafirmada a cada dia. À frente do restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, a cozinheira consegue tirar partido do que para muitos cozinheiros poderia parecer uma limitação: trabalhar apenas com pescados. Uma das melhores maneiras de aproveitar seu esmero é escolher o menu degustação (R$ 172,00), no qual alguns pratos também podem ser pedidos individualmente. Trazida de um criatório próprio de Santa Catarina, a ostra fresquíssima tem seu sabor valorizado a um surpreendente vinagrete de melancia e discretos cubinhos de bacon (R$ 22,00). O camarão gigante no azeite, alho e salsa tem como parceiras alcachofrinhas aromatizadas em ervas (R$ 96,00). À la carte, há sugestões como o tentáculo de polvo sobre creme de mandioquinha colorido por um toque vermelho de pimenta-biquinho (R$ 88,00). De sobremesa, o coco em diferentes texturas (R$ 26,00) combina sorvete, cocada fresca e manjar na calda de caju. Há também um menu de almoço (R$ 75,00) durante a semana. Torça para encontrar entre as sugestões do dia o melhor bobó da cidade, feito com um sedoso creme de mandioca perfumado por azeite de dendê, no qual estão mergulhados carnudos camarões. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Vencedor

      Votação popular - restaurantes chef do ano Comer & Beber .

      Uma festa do mar. Essa é a proposta de Bella Masano reafirmada a cada dia. À frente do restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, a cozinheira consegue tirar partido do que para muitos cozinheiros poderia parecer uma limitação: trabalhar apenas com pescados. Uma das melhores maneiras de aproveitar seu esmero é escolher o menu degustação (R$ 172,00), no qual alguns pratos também podem ser pedidos individualmente. Trazida de um criatório próprio de Santa Catarina, a ostra fresquíssima tem seu sabor valorizado a um surpreendente vinagrete de melancia e discretos cubinhos de bacon (R$ 22,00). O camarão gigante no azeite, alho e salsa tem como parceiras alcachofrinhas aromatizadas em ervas (R$ 96,00). À la carte, há sugestões como o tentáculo de polvo sobre creme de mandioquinha colorido por um toque vermelho de pimenta-biquinho (R$ 88,00). De sobremesa, o coco em diferentes texturas (R$ 26,00) combina sorvete, cocada fresca e manjar na calda de caju. Há também um menu de almoço (R$ 75,00) durante a semana. Torça para encontrar entre as sugestões do dia o melhor bobó da cidade, feito com um sedoso creme de mandioca perfumado por azeite de dendê, no qual estão mergulhados carnudos camarões. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Participante

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2012/2013

      Veja SP

    • 2012 - Indicado

      Restaurantes chef do ano Comer & Beber .

      Pelo segundo ano consecutivo, Bella Masano recebe 1 voto como chef do ano. Não por acaso. A cada visita ao Amadeus, restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, fica evidente que a cozinheira faz um trabalho cada vez mais apurado. Sobra refinamento em receitas como o polvo em dois cozimentos, oferecido de entrada. O molusco ganha a forma de um carpaccio frio sobre o qual aparecem pequenos pedaços de tentáculo tenros e quentes. Acentua o contraste a pipoca de arroz selvagem adicionada no arremate. De delicadeza exemplar, o bobó de camarão é o clássico creme de mandioca enriquecido por azeite de dendê no qual nadam crustáceos de grande frescor. Cozido em vinho branco com alho-poró, o lombo de pescada cambucu ou amarela ganha a parceria de cuscuz marroquino colorido por cubinhos de tomate e umedecido por azeite extravirgem. Intitulada coco em versões, a sobremesa apresenta um sedoso manjar na calda de caju, a cocada fresca salpicada de pimenta-rosa e o sorvete da fruta. Outra maneira de desfrutar as sugestões é um dos dois menus degustação. Embora cara, a carta de vinhos apresenta uma notável seleção de rótulos. Prove o espanhol Torres Viña Sol 2010.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Restaurantes chef do ano Comer & Beber .

      Bella Masano assumiu o comando da cozinha do restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, em 2002. Embora tenha estudado no liceu Cordon Bleu em Paris e hotelaria no Senac, os primeiros passos da chef foram tímidos. Agora, Bella demonstra total segurança na execução das receitas que cria e faz um trabalho primoroso, que lhe assegurou um voto de chef do ano pelo júri de VEJA SÃO PAULO. Os pratos que lançou em agosto dão a medida de seu talento aquilatado. Das entradas, saboreie o duo de vieiras, uma delas marinada no saquê antes de ser selada na chapa e a outra aromatizada por baunilha e borrifada por creme suave de wassabi com farofinha crocante por cima. Tão delicada quanto uma película, a baby lula ganha recheio dos próprios tentáculos, bacon e caju fresco. Essa obra de arte culinária vem no caldo da própria cocção do minimolusco com cogumelos shimeji, flor de brócolis, emulsão de tomate e uma tela crocante de pão. Um linguine de produção própria é valorizado por camarão, cubos de tomate e deliciosas minialcachofras. Esses pratos também fazem parte de um menu degustação que traz ainda o tentáculo de polvo perfeitamente cozido nos vinhos tinto e branco sobre purê de mandioquinha, abobrinha, tomatinho doce pimenta biquinho e pipoca de arroz selvagem. Ainda no cardápio, há uma moqueca baiana de pescadas amarela ou cambucu com banana e um toque oriental de alga kombu. Na carta de vinhos, a seleção de brancos inclui o francês Hugel Gentil 2009.

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    • 2009 - Vencedor

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      Desde que assumiu o comando do restaurante de seus pais, Ana e Tadeu Masano, a chef Bella está sempre em busca de novidades. Num trabalho minucioso de pesquisa, criou no cardápio alguns pratos que mesclam Ocidente e Oriente. Entre os melhores exemplos está o atum crocante empanado em farinha japonesa com ervas guarnecido de cogumelos orientais e alcachofrinha. A Índia serve de inspiração para compor o molho cremoso de curry que rega o camarão ao alho-poró guarnecido de arroz negro. Receitas clássicas do menu continuam a ser preparadas com muita competência. É o caso do bacalhau à siciliana (lombo do pescado na panela de barro com tomate, cebola, azeitona preta, couve, batata e ovo) e do prato do pescador (linguado, lula e camarão grelhados na companhia de legumes). Há ainda dois tentadores menus degustação, o da chef e a sinfonia de camarões. A carta de vinhos traz exemplares como o branco espanhol Viña Sol 2005, além da oferta de dezesseis garrafas armazenadas em máquina especial italiana cujas doses são vendidas em taça.

      Veja SP

    • 2008 - Vencedor

      Restaurantes peixes e frutos do mar Comer & Beber .

      A casa de Ana e Tadeu Masano completa 21 anos cheia de viço e novidades. Isso porque o casal de proprietários sabiamente passou a direção da cozinha à filha Bella Masano. Ex-aluna da escola parisiense Le Cordon Bleu, a jovem cozinheira mostra-se cada vez mais habilidosa. Ela se ocupou de renovar clássicos que ainda permanecem no cardápio, como o cuscuz de camarão, servido de entrada, e o bacalhau com tomate, cebola, couve, batata e azeitona preta na panela de barro. Também vem introduzindo receitas sedutoras. A robata de polvo, em forma de aperitivo, é um espetinho ao estilo oriental em molho picante guarnecido de batata crocante. Dos pratos principais, acerta no robalo assado em um saquinho de filme plástico. Vem manchado por molho de tomate com alcaparra e azeitona preta. De belo efeito visual e sabor melhor ainda, ganha a companhia de arroz negro. Na sobremesa, o doce chamado coco em versões apresenta essa fruta na forma de manjar em calda de caju, de sorvete incrementado por tapioca e de cocada fresca ao perfume de pimenta-rosa. Há uma boa e cara carta de vinhos para acompanhar a refeição.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s