As atrações imperdíveis em 2012: musicais

Saiba quais peças cantadas estreiam nos palcos paulistanos

Uma família de arrepiar

Sucesso na televisão e no cinema, o soturno clã liderado por Gomez e Morticia Addams estreou na Broadway em 2010. A partir de 2 de março, os paulistanos poderão conferir no Teatro Abril a versão brasileira do musical “A Família Addams”, a primeira a ser realizada fora dos Estados Unidos.

+ Três perguntas para Marisa Orth

+ Crianças tentam a sorte nos palcos

Daniel Boaventura ficará com o papel de Gomez, enquanto a atriz Marisa Orth assumirá a mórbida matriarca Morticia (vivida lá fora por Bebe Neuwirth). Na trama, o casal entra em desespero porque a filha, Vandinha, arrumou um namorado, digamos, convencional. Os ingressos, de 70 a 250 reais, estão à venda na bilheteria do local (tel.: 4003-5588) e no site www.ticketsforfun.com.br.

Paz e amor, bicho!

Canções como “Aquarius” e “Let the Sunshine In” ficaram gravadas na memória de uma geração ao integrar a trilha sonora do musical Hair, de Gerome Ragni e James Rado. Lançado em Nova York em 1968, montado pela primeira vez no Brasil um ano depois e levado ao cinema em 1979, o espetáculo que melhor retratou o movimento hippie e a juventude “paz e amor” da década de 60 ganha versão dos diretores Charles Möeller e Claudio Botelho.

+ Seis musicais estreiam na cidade no começo de 2012

As letras foram devidamente adaptadas para o português. “Hair” entra em cartaz a partir desta sexta (13), no Teatro Shopping Frei Caneca, em sessões de quinta a domingo (ingressos a 130 e 160 reais na bilheteria da casa, tel.: 4003-1212, ou pelo site www.ingressorapido.com.br). No elenco de trinta atores figuram Hugo Bonemer, Carol Puntel e Kiara Sasso.

Atrações imperdíveis 2251 - Tim Maia

Atrações imperdíveis 2251 – Tim Maia

Tim Maia vai baixar por aqui

Se o cantor e compositor Sebastião Rodrigues Maia (1942-1998) visse o paulistano Tiago Abravanel no palco, pensaria tratar-se de uma alucinação. O impressionante desempenho do ator no espetáculo “Tim Maia: Vale Tudo, o Musical” faz com que muitos espectadores embarquem na viagem de que estão diante do próprio artista, tamanha a fidelidade da caracterização.

Abravanel dá vida ao personagem recriado dos 12 aos 55 anos, soltando o vozeirão igualmente grave e potente em 25 canções, como “Azul da Cor do Mar”, “Sossego”, “Acenda o Farol” e “Me Dê Motivo”. Ainda em cartaz no Rio de Janeiro, a montagem chega ao Teatro Procópio Ferreira em 9 de março. Escrito por Nelson Motta e dirigido por João Fonseca, o espetáculo traz outros dez atores e sete instrumentistas. Os fãs de Tim Maia vão se emocionar, e quem gosta de bom teatro descobrirá um grande ator, que é neto do apresentador Silvio Santos, mas brilha com luz própria.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s