Empresário é condenado por agressão a Luiza Brunet

O advogado de Luiza informou que a atriz está "feliz" com a decisão; defesa do empresário informou que vai recorrer

O Tribunal de Justiça de São Paulo condenou nesta segunda-feira (5) o empresário Lírio Parisotto a um ano de detenção em regime aberto, por agredir a modelo Luiza Brunet em maio de 2016.

A decisão é da juíza Elaine Cristina Monteiro Cavalcanti, da Vara Central de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. A Justiça também determinou que Parisotto deve ficar sob vigilância pelo prazo de dois anos, além de prestar serviço à comunidade por doze meses.

O advogado de Luiza informou que a atriz está “feliz” com a decisão. Já a defesa do empresário informou que vai recorrer.

(Reprodução/Veja SP)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s