Loja que vendeu materiais para sítio ligado a Lula fecha e muda de endereço

Antiga dona afirmou que engenheiro da Odebrecht fazia compras no local em Atibaia para reformar chácara frequentada por ex-presidente

Localizado em Atibaia, no interior do estado, o Depósito Dias fechou as portas nesta quinta (4). A loja ganhou manchetes após a ex-dona do estabelecimento, Patrícia Fabiana Melo Nunes, ter denunciado ao jornal Folha de S. Paulo que a empresa Odebrecht gastou em seu negócio cerca de 500 000 reais com materiais de construção para um sítio ligado a Lula.

+ Moradores do Jardim Iguatemi afirmam que foram alvo de disparos de PM

O atual proprietário do espaço, o empresário Nestor Lorencini, se viu prejudicado pelo escândalo. “Não tenho nada a ver com isso, mas os clientes acabaram achando que eu tinha alguma culpa no cartório”, reclama ele, que gerencia o lugar há dois anos. Na última semana, após extensa cobertura da imprensa, o movimento do comércio caiu drasticamente. 

O depósito migrará para um outro imóvel na região central e também mudará de nome. Assim, Lorencini pretende se livrar da fama de que teria se beneficiado com algum esquema.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s