Clique e assine por apenas 6,90/mês

Rússia afirma que terá vacina contra Covid-19 em duas semanas, diz site

"A Rússia vai ter chegado lá primeiro", disse diretor de fundo de pesquisa

Por Redação VEJA São Paulo - 28 jul 2020, 21h24

A Rússia deve ter uma vacina aprovada contra a Covid-19 até o dia 19 de agosto, diz a CNN Internacional. O informação foi divulgada na noite desta terça-feira (28) pelo veículo. De acordo com o texto, fontes fizeram a afirmação ao correspondente Matthew Chance.

Segundo a CNN, os próprios cientistas seriam voluntários para os testes de imunização. Um diretor do projeto chamado Alexander Ginsburg disse que injetou a vacina em si mesmo.

“Os americanos ficaram surpresos quando ouviram os sons do Sputnik. É o mesmo com a vacina, a Rússia vai ter chegado lá primeiro”, disse Kirill Dmitriev, diretor de um fundo soberano russo que está financiando a pesquisa da vacina.

Ainda de acordo com o veículo, a vacina estaria na segunda das três fases dos testes clínicos. A expectativa dos pesquisadores é concluir a etapa em 3 de agosto.

Continua após a publicidade

Um relatório de julho feito por Reino Unido, Estados Unidos e Canadá acusavam o país de usar hackers para espionar centros de pesquisa.

Publicidade