Continua após publicidade

Saúde reduz intervalo para reforço e anuncia 4ª dose para imunossuprimidos

Período entre injeções, que era de no mínimo cinco meses, mudou para quatro

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 Maio 2024, 19h00 - Publicado em 20 dez 2021, 19h42

O Ministério da Saúde confirmou, em nota técnica, nesta segunda-feira (20), a redução do intervalo para a terceira dose da vacina contra a Covid-19. O prazo, que era de cinco meses, passou a ser de quatro meses a partir da aplicação da segunda dose.

O governo também anunciou uma nova dose de reforço – a quarta dose – para indivíduos imunossuprimidos. O intervalo também será de quatro meses, contados a partir do primeiro reforço.

+ Cidade Matarazzo começa série de inaugurações com hotel seis-estrelas

“Uma dose de reforço da vacina COVID-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses”, diz o documento.

Continua após a publicidade

Segundo a pasta, serão considerados indivíduos imunossuprimidos:

  • os portadores de imunodeficiência primária grave;
  • quem está fazendo quimioterapia para câncer;
  • transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras;
  • pessoas vivendo com HIV/AIDS;
  • pacientes em uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias;
  • pessoas que usam drogas modificadoras da resposta imune (o Ministério da Saúde divulga uma tabela com essas medicações);
  • pacientes com condições auto inflamatórias e doenças intestinais inflamatórias;
  • pacientes em hemodiálise;
  • pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

+ Lulu Santos comemora 40 anos de carreira com show inédito em São Paulo

A nota técnica é assinada pela secretária Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde, Rosana Leite de Melo.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.