Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pfizer e BioNTech apontam que três doses da vacina neutralizam Ômicron

Segundo empresas, terceira dose aumenta os anticorpos neutralizantes em 25 vezes

Por Redação VEJA São Paulo 8 dez 2021, 15h54

BioNTech e Pfizer anunciaram nesta quarta-feira (8) que estudos preliminares indicam que três doses de sua vacina contra a Covid-19 neutralizam a variante Ômicron. Segundo as empresas, o resultado obtido após a terceira dose é equivalente ao resultado após duas doses contra a cepa original.

+ Exames descartam Ômicron em 7 pessoas que estiveram com infectado

Em nota, os fabricantes explicaram que duas doses resultam em anticorpos neutralizantes, mas a terceira dose multiplica esse número em 25 vezes.

BioNTech e Pfizer também alertam que, mesmo após a diminuição dos anticorpos neutralizantes com o tempo, a proteção contra casos graves da doença continua garantida pela vacina.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Continua após a publicidade

Publicidade