Continua após publicidade

Indústria prevê autotestes de Covid-19 em farmácias já no Carnaval

Uma das fábricas tem 4 milhões de testes prontos; data exata de distribuição dependerá de aval da Anvisa

Por Clayton Freitas
Atualizado em 28 jan 2022, 14h49 - Publicado em 28 jan 2022, 14h43

Fabricantes e importadores de autotestes de Covid-19 já se preparam para submeter os seus produtos para análise da agência, e, no que depender da indústria, os exames já estarão disponíveis nas gôndolas das farmácias já no Carnaval.

+Anvisa libera venda de autotestes de Covid no Brasil

Em reunião nesta sexta-feira (28), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberou a venda dos autotestes. Entretanto, as empresas devem apresentar à agência pedidos para cada um dos produtos que pretendem comercializar. Somente após o aval da agência é que os produtos estarão disponíveis para aquisição dos consumidores.

“Algumas dessas empresas que já dispõem do autoteste têm equipes para cuidar de assuntos regulatórios bem estruturadas, e a Anvisa têm sido célere na apreciação de tudo relacionado a Covid. Acredito que ainda na semana do Carnaval poderemos já ter marcas disponíveis nas gôndolas das farmácias”, afirmou Carlos Eduardo Gouvêa, da CBDL (Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial).

O executivo elogiou a Anvisa por tratar a questão com a devida urgência que o momento exige. “Agora temos que ler com calma a resolução a respeito. Será ela quem irá trazer os requisitos necessários para o registro dos autotestes”, afirmou.

+Bebê de seis meses recebe por engano frasco inteiro da vacina da Pfizer

A resolução é o documento que vai trazer todos os detalhes a respeito da composição dos kits, como deve ser a sua apresentação e ainda informações que as embalagens devem conter.

Continua após a publicidade

Somente se os autotestes atenderem a esses padrões e especificações exigidos pela agência é que serão liberados. Mesmo se os exames já tenham sido aprovados por outras agências mundo afora, tais como a EMA (Agência Européia de Medicamentos) e FDA (Food and Drug Administration), eles só serão liberados se atenderem aos critérios da Anvisa.

A estimativa é a de que as empresas responsáveis por produzir os exames e também aquelas que importam o produto tenham capacidade de distribuir até 10 milhões desses testes no mercado nacional, por mês.

autoteste de Covid
Uma das empresas que já têm autotestes prontos é a ECO Diagnóstica, de Minas Gerais (ECO Diagnóstica/Divulgação)

Testes já estão prontos

Ao menos três empresas brasileiras e seis multinacionais já dispõem de autotestes prontos. Uma delas, a ECO Diagnóstica, já conta com 4 milhões de kits produzidos, segundo Vinicius Pereira, CEO da empresa. Ele afirma que já negociações adiantadas com as principais redes de farmácia do país.

“Trata-se do mesmo teste que vendemos para os laboratórios hoje. Não precisaremos importar nada, já temos testes em estoque. É só preparar a embalagem”, afirmou.

Continua após a publicidade
Autoteste produzido pela Vyttra, empresa paulista que já fornece testes convencionais aos laboratórios
Autoteste produzido pela Vyttra, empresa paulista que já fornece testes convencionais aos laboratórios (Vyttra/Divulgação)

Outra empresa que já possui protótipos de autotestes é a Vyttra. Assim como a ECO, a empresa irá apenas adaptar os kits que já produz e distribui.

+Estado antecipa vacinação de crianças de 5 a 8 anos contra Covid-19

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.