Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Hospital na Zona Norte passa a ser exclusivo para pacientes com Covid-19

O Vila Penteado passa a ter os 55 leitos de UTI e os 141 de enfermaria apenas para atendimento de infectados com o coronavírus

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 23 mar 2021, 14h41 - Publicado em 23 mar 2021, 14h40

O vice-governador Rodrigo Garcia anunciou, nesta segunda-feira (22), que o Hospital Vila Penteado, na zona norte da capital, passará a ser exclusivo para casos de Covid-19. Assim, o hospital passa a atender apenas casos suspeitos e confirmados de infecção por coronavírus e os atendimentos de outras modalidades estão sendo direcionados para outros hospitais. Com o avanço da pandemia, o hospital tem atuado com taxas de ocupação de 100% nas últimas semanas.

“São 196 leitos dedicados a pacientes Covid. A medida ajuda na logística da distribuição de oxigênio e de insumos”, disse o vice-governador.

O Hospital Vila Penteado agora terá 55 leitos de UTI e todos os 141 leitos de enfermaria destinados para pacientes com Covid-19. 

A partir desta terça-feira (23), o pronto-socorro do hospital passa a atuar de forma referenciada, ou seja, recebendo exclusivamente pacientes levados por Samu e Resgate ou transferidos de outros serviços de saúde. Para outras enfermidades que eram atendidas na unidade da Vila Penteado, a população está sendo orientada para procurar outros hospitais da região norte, que já começaram a absorver a demanda.

O Conjunto Hospitalar do Mandaqui e os hospitais Gerais de Taipas e Vila Nova Cachoeirinha receberão os casos de ortopedia, buco-maxilo e gestantes, que contam com assistência também na Maternidade Municipal Cachoeirinha.

O único serviço mantido no Hospital Vila Penteado como não-Covid será a UTI de queimados, em espaço separado e seguro para estes casos, porque a unidade é referência.

Entrega de leitos de UTI

Na coletiva, o governo do estado também anunciou a entrega nesta semana de mais 90 leitos de UTI em hospitais estaduais da Grande São Paulo. Na capital, os hospitais de Guaianazes, Grajaú, Regional Sul, Ipiranga, Instituto Emílio Ribas e Dante Pazzanese são os beneficiados. Nas cidades vizinhas, quem recebe os novos leitos são o Hospital Geral de Pirajussara, em Taboão da Serra, o Hospital Geral de Carapicuíba; o Hospital Padre Bento, em Guarulhos e o Hospital Geral de Franco da Rocha.

Pandemia no estado

Nesta terça-feira (23), SP registrou o pior índice de mortes por Covid-19 em 24h desde o começo da pandemia: 1.021 óbitos. Nesta segunda (22), 29.039 pessoas estavam internadas com Covid-19, 12.168 delas em UTI. No último final de semana, foram registrados casos de escassez de oxigênio em hospitais do estado.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade