Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Falta oxigênio em SP pela primeira vez para tratar pacientes com Covid-19

Unidade de Pronto Atendimento na Zona Leste da capital e município de Guareí relatam escassez do insumo

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 20 mar 2021, 14h47 - Publicado em 20 mar 2021, 14h45

A UPA de Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo, registrou a primeira falta de oxigênio na capital. Dez pacientes que estavam internados com sintomas de Covid-19 precisaram ser transferidos na noite da última sexta-feira (19). A secretaria de Saúde de Guareí, município no sul de São Paulo, também informou hoje (20) que há escassez do insumo e não pode receber mais pacientes na cidade.

“Estamos incansavelmente procurando em todos os locais possíveis para adquirir oxigênio, mas devido à alta procura no país está difícil. Chegamos à situação de termos dinheiro, mas não termos o produto para compra”, disse a diretoria municipal de Saúde de Guareí em comunicado.

De acordo com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, a emergência na UPA foi causada pelo atraso no abastecimento da produtora do insumo, a empresa White Martins. A companhia nega problema de fornecimento. “Depois de uma hora em que os pacientes já haviam sido transferidos, o oxigênio chegou”, conta o secretário.

O Hospital Municipal Doutor Ignácio de Proença Gouveia, também na Zona Leste, chegou a ficar perto do limite de oxigênio disponível, mas o abastecimento foi feito no tempo adequado para evitar transferências dos pacientes.

Aparecido pediu ajuda para a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para adquirir mais cilindros. “Nestas duas últimas semanas, a evolução das internações aumentou muito. Os pacientes mais jovens demandam muito mais oxigênio. Ainda não trabalhamos com a possibilidade de falta de oxigênio na cidade, mas estamos em uma operação de guerra para dar conta de tudo”, afirma.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)