Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Febre amarela: governo estuda estender vacina para todo o estado

A meta é imunizar 8,3 milhões de pessoas, atingindo o público-alvo definido pelo governo

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 19 jan 2018, 09h20 - Publicado em 19 jan 2018, 09h19

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse que a campanha de vacinação contra a febre amarela, que tem início no próximo dia 25 em 54 cidades paulistas, deve ser estendida a todas os municípios do estado. Segundo ele, se houver necessidade, toda a população paulista será vacinada até o fim do ano.

“Se for preciso vamos vacinar, mas o importante agora é evitar o pânico. O que temos aqui é a forma silvestre da febre amarela”, disse, durante visita a Itapeva, no interior de São Paulo.

  • A campanha de vacinação no Estado, que estava prevista para começar no dia 29, foi antecipada em virtude do surgimento de novos casos. “Toda a logística já está preparada”, disse.

    A meta é imunizar 8,3 milhões de pessoas no Estado, atingindo o público-alvo definido pelo governo. Desse total, 6,2 milhões receberão a vacina fracionada, que, segundo o governador, garante proteção desejada. Alckmin esteve em Itapeva para entregar 1 043 casas do programa Morar Bem, Viver Melhor a famílias de baixa renda.

    Continua após a publicidade
    Publicidade