Clique e assine por apenas 6,90/mês

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada na capital paulista

A imunização é feita nas 468 Unidades Básicas de Saúde

Por Redação VEJA São Paulo - 30 Jun 2020, 12h36

A Campanha de Vacinação contra a Influenza será prorrogada na capital paulista até o dia 24 de julho. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, até o dia 25 de junho, foram aplicadas mais de 4 milhões de doses da vacina e a cobertura para os grupos prioritários está em 85,6%. A meta é vacinar 90% dessa população.

Os grupos prioritários são idosos (a partir de 60 anos), trabalhadores da saúde, policiais, portadores de doenças crônicas, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, população carcerária, funcionários do sistema prisional, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Também crianças (seis meses a menores de seis anos), gestantes, puérperas até 45 dias, pessoa com deficiência, professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade.

A imunização continua sendo feita nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital paulista a todos os grupos prioritários. A campanha teve início no dia 23 de março e imunizou, na primeira fase, idosos e profissionais da saúde. Esses grupos já atingiram 100% de cobertura vacinal, assim como a população indígena.

Segundo a secretaria, a cobertura vacinal para os outros grupos está em 57% entre as crianças, em 47% entre as gestantes, 46% entre as puérperas e em adultos de 55 a 59 anos está em 41%.

Continua após a publicidade

*Com informações da Agência Brasil

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

 

Publicidade