Yorimichi (Desde 2016)

Tipos de Bares: Japoneses
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Otávio Nébias, 203 - Paraíso - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30520029
Horário:
segunda-feira
18:30 - 00:00
terça-feira
18:30 - 00:00
quarta-feira
18:30 - 00:00
quinta-feira
18:30 - 00:00
sexta-feira
18:30 - 00:00
sábado
18:30 - 00:00
domingo
Fechado
Fecha na terceira segunda do mês
payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa e Mastercard
Cartões de débito: Visa Electron e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (20)

Resenha por Saulo Yassuda e Fabio Galib

Os japoneses bem sabem: o Yorimichi é o destino para sentir-se em casa. São pouco mais de 18h30, e o confortável balcão começa a ser ocupado por funcionários de multinacionais orientais. Não apenas a alta cúpula, mas a turma do marketing, do administrativo, as secretárias… “Faço comida simples, o mais próximo possível do que aprendi lá fora”, explica o sócio Ken Mizumoto, que viveu onze anos no Japão e se divide entre o bar e o premiado restaurante Shin-Zushi. Os gaijin, como é conhecida a galera ocidental, também descobriram as delícias do endereço e surgem sempre. Sobre o calor do carvão, ganham bronze e sabor o espeto de pancetta ao tarê (R$ 8,50), que quase se dissolve na boca, e o de sobrecoxa intercalada com cebolinha (R$ 7,00). O tsukune, que lembra um hambúrguer de frango, é elevado a altas potências quando mergulhado na gema curada (R$ 9,00). É tanto deleite junto que, no fim, até quem não manja dessa língua oriental saberá o significado de oishii: gostoso.

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Vencedor

      Izakaya Comer & Beber .

      Os japoneses bem sabem: o Yorimichi é o destino para sentir-se em casa. São pouco mais de 18h30, e o confortável balcão começa a ser ocupado por funcionários de multinacionais orientais. Não apenas a alta cúpula, mas a turma do marketing, do administrativo, as secretárias... “Faço comida simples, o mais próximo possível do que aprendi lá fora”, explica o sócio Ken Mizumoto, que viveu onze anos no Japão e se divide entre o bar e o premiado restaurante Shin-Zushi. Os gaijin, como é conhecida a galera ocidental, também descobriram as delícias do endereço e surgem sempre. Sobre o calor do carvão, ganham bronze e sabor o espeto de pancetta ao tarê (R$ 8,50), que quase se dissolve na boca, e o de sobrecoxa intercalada com cebolinha (R$ 7,00). O tsukune, que lembra um hambúrguer de frango, é elevado a altas potências quando mergulhado na gema curada (R$ 9,00). É tanto deleite junto que, no fim, até quem não manja dessa língua oriental saberá o significado de oishii: gostoso. (Preços checados em setembro de 2017).

      Saulo Yassuda e Fabio Galib

    • 2016 - Participante

      Bares izakayas Comer & Beber .

      O barzinho é tocado pelo chef Ken Mizumoto, do Shin-Zushi. Quem senta ao redor do balcão vê pularem da grelha espetinhos de pancetta ao tarê (R$ 7,00) e de sobrecoxa de frango (R$ 6,50), úmidos e saborosos. A carta de saquês se mostra bem montada e explicativa. A dose do Kiritto Karakuchi, por R$ 48,00, vem conservada em um recipiente com água e gelo. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s