Clique e assine por apenas 6,90/mês

Regô

(Desde 2019)

Tipos de Bares: Bares variados

VejaSP:

Endereço: Rua Rêgo Freitas, 441 - República - São Paulo - SP ver no mapa

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 19:00 - 02:00

quarta-feira 19:00 - 02:00

quinta-feira 19:00 - 02:00

sexta-feira 19:00 - 02:00

sábado 19:00 - 02:00

domingo - Fechado

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (16)

Resenha por Saulo Yassuda

Paredes com concreto aparente, janelões de metal e um balcão em formato de U de cimento queimado no meio do salão acolhem o público com sede de drinques no centro. Bom lugar para bebericar em dupla ou em pequenos grupos, o Regô ocupa desde agosto um antigo espaço que já foi de um botecão mal-ajambrado, na esquina das ruas Rego Freitas e Epitácio Pessoa, fechado há alguns anos. Sempre atrás da bancada, os sócios Luiz Felippe Mascella e Daniel Modesto cuidam de preparar os coquetéis. Imperdível, o lemonade (R$ 28,00) resulta de uma boa harmonia de vodca perfumada com folha de limão kaffir, amaro Luxardo Bianco, vermute seco, licor Chartreuse Verde e bitter. Pegado no amargor, mas sem ser desagradável ao paladar, o lulone (R$ 28,00) agrega bourbon, os aperitivos Amaro Averna e Fernet Branca, licor de cereja mais bitters aromáticos. Na versão da casa, o clássico paloma (R$ 25,00) é preparado com tequila, limão-taiti, suco de grapefruit, xarope de agave e tônica e valoriza os sabores defumado e ácido. O resumido cardápio de petiscos foi bolado por Luiz Antônio Massella, um dos donos da extinta pizzaria Ritto, na Vila Leopoldina, e sócio e pai de Luiz Felippe — é pai também do bartender Lula Mascella, do Picco, em Pinheiros. Peça o bolinho de carne bovina, linguiça e mortadela de crosta sequinha (R$ 20,00, cinco unidades).

Informações checadas em novembro de 2019.

    Paredes com concreto aparente, janelões de metal e um balcão em formato de U de cimento queimado no meio do salão acolhem o público com sede de drinques no centro. Bom lugar para bebericar em dupla ou em pequenos grupos, o Regô ocupa desde agosto um antigo espaço que já foi de um botecão mal-ajambrado, na esquina das ruas Rego Freitas e Epitácio Pessoa, fechado há alguns anos. Sempre atrás da bancada, os sócios Luiz Felippe Mascella e Daniel Modesto cuidam de preparar os coquetéis. Imperdível, o lemonade (R$ 28,00) resulta de uma boa harmonia de vodca perfumada com folha de limão kaffir, amaro Luxardo Bianco, vermute seco, licor Chartreuse Verde e bitter. Pegado no amargor, mas sem ser desagradável ao paladar, o lulone (R$ 28,00) agrega bourbon, os aperitivos Amaro Averna e Fernet Branca, licor de cereja mais bitters aromáticos. Na versão da casa, o clássico paloma (R$ 25,00) é preparado com tequila, limão-taiti, suco de grapefruit, xarope de agave e tônica e valoriza os sabores defumado e ácido. O resumido cardápio de petiscos foi bolado por Luiz Antônio Massella, um dos donos da extinta pizzaria Ritto, na Vila Leopoldina, e sócio e pai de Luiz Felippe — é pai também do bartender Lula Mascella, do Picco, em Pinheiros. Peça o bolinho de carne bovina, linguiça e mortadela de crosta sequinha (R$ 20,00, cinco unidades).

    Informações checadas em novembro de 2019.