La Maddalena Osteria

(Desde 2023)

Tipos de Restaurantes: Italianos

VejaSP:

Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 285 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 38138114

Site: instagram.com/lamaddalenapinheiros

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 18:00 - 23:00

terça-feira 12:00 - 15:00 - 18:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 18:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 18:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 18:00 - 23:00

sábado 12:00 - 23:30

domingo 12:00 - 18:00

Faixa de preço: De R$176,00 a R$255,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (65), Levar vinhos (permite) (R$ 120,00) (1)(1)quinta a domingo

Resenha por Arnaldo Lorençato

Na contramão do que é mais comum acontecer – restaurantes paulistanos abrirem filiais em outras cidades do estado e do país – o La Maddalena Osteria fez o caminho inverso. Nascido dois anos atrás em Taubaté, a 130 quilômetros da capital, o endereço italiano dos irmãos Marcel e Gabriel Villaça desembarcou em Pinheiros em outubro passado no mesmo ponto da Rua Ferreira de Araújo onde não vingou o espanhol Me Vá. A cozinha está nas mãos do chef Marcos Magalhães e do próprio Marcel, que, neste primeiro momento, reproduzem, quase que integralmente, o cardápio da matriz interiorana. No menu italiano, nada de sugestões de sotaque caipira do Vale do Paraíba. Ainda que haja pratos de outras regiões da Itália, parte da inspiração vem da ilha La Maddalena, na chamada Costa Esmeralda, na Sardenha. “Por isso, há tantos pratos com frutos do mar”, explica Marcel. Um exemplo é o cala portese (R$ 115,00), uma das magníficas praias da região. Cozido al dente e banhado por molho de manteiga, vinho branco e limão-siciliano, o linguini negro de produção própria como todas as outras massas da casa vem com camarão, polvo e lula e é finalizado com gremolata, aqui um mix de salsinha e raspas de limão-siciliano. O prato chamado de seo jukita (R$ 119,00) homenageia José Ernesto Zadra, avô materno dos proprietários, nascido em Belforte del Chienti, na região de Macerata. Trata-se da paleta de cordeiro muito macia por ter sido assada sem pressa. Carece de correção, porém, o risoto de ervilhas frescas cozido até quase virar uma papa que o acompanha. É uma boa abertura para a refeição a releitura do arancino de pato (R$ 32,00). Em vez de uma porção de bolinhos de arroz carnaroli, eles são transformados em um só, de formato achatado e com capa sequinha, dourada e crocante. Ganha pontos por ser combinado a carne da ave desfiada e ter interior cremoso. O tiramisu (R$ 29,00) de queijo mascarpone entremeado com uma discreta camada de biscoito champanhe é muito bom de sabor, mas pode virar um sorverão — precisa permanecer uns minutinhos fora da geladeira e chegar um tiquinho mais macio.

Informações checadas em janeiro de 2024.

    Essa é uma matéria fechada para assinantes.
    Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

    Para curtir o melhor de São Paulo!
    Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
    Impressa + Digital no App
    Impressa + Digital
    Impressa + Digital no App

    Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

    Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
    *Para assinantes da cidade de São Paulo

    a partir de R$ 39,90/mês

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.