Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Cervejaria Dogma

(Desde 2017)

Tipos de Bares: Chope e cerveja

VejaSP:

Endereço: Rua Fortunato, 236 - Santa Cecília - Santa Cecília - São Paulo - SP

Telefone: (11) 992499887

Site: cervejariadogma.com.br

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 16:00 - 22:30

quarta-feira 16:00 - 22:30

quinta-feira 16:00 - 22:30

sexta-feira 16:00 - 22:30

sábado 12:00 - 22:30

domingo 14:00 - 19:30

Informações adicionais: Entrega em domicílio, Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (17)

Resenha por Saulo Yassuda

Crescer sem perder a qualidade. Esse é um desafio que a Cervejaria Dogma tem enfrentado — e conseguido vencer. Desde abril, a marca paulistana que começou bem menor elabora a bebida numa fábrica própria de 1 200 metros quadrados na Mooca, com capacidade para 22 000 litros por mês. Essa produção é enviada em lata para os refrigeradores do St Marche, do Empório Santa Maria, dos oito pontos de delivery e aos bares da marca — a unidade pioneira de Santa Cecília mais as franquias de Pinheiros, Itaim Bibi e Jardim Paulista. No quarteto de endereços, é possível beber, no mínimo, quinze variedades de chope tirado na hora. Sempre frescos e servidos na temperatura ideal — geladinhos, mas não estupidamente frios —, têm oferta que varia com alguma frequência. Muito bem tratados, os lagers parecem ideais para o refresco. Ganham nomes como Rest in Pilz (levemente amargo e seco; R$ 18,00, 350 mililitros), que remete a pilsens checos, e Gorlami (maltado, fresco, com cheirinho quase de pão; R$ 18,00, 350 mililitros), de inspiração italiana — o primeiro gole dá a impressão de que se está bebendo uma (boa) long neck numa ruazinha de Roma. O ótimo Hop Little Lover (R$ 20,00, 350 mililitros) é um session IPA, ou seja, amargo mas nem tanto, e pode anteceder o From Rejection to Oblivion n.4 (R$ 14,00, 180 mililitros), um porter, escuro, torrado e encorpado, mas que não cansa. O cardápio de petiscos é básico e, vez ou outra, deixado de lado por parte do público, já que é permitido pedir delivery de comida no próprio bar.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.

    Crescer sem perder a qualidade. Esse é um desafio que a Cervejaria Dogma tem enfrentado — e conseguido vencer. Desde abril, a marca paulistana que começou bem menor elabora a bebida numa fábrica própria de 1 200 metros quadrados na Mooca, com capacidade para 22 000 litros por mês. Essa produção é enviada em lata para os refrigeradores do St Marche, do Empório Santa Maria, dos oito pontos de delivery e aos bares da marca — a unidade pioneira de Santa Cecília mais as franquias de Pinheiros, Itaim Bibi e Jardim Paulista. No quarteto de endereços, é possível beber, no mínimo, quinze variedades de chope tirado na hora. Sempre frescos e servidos na temperatura ideal — geladinhos, mas não estupidamente frios —, têm oferta que varia com alguma frequência. Muito bem tratados, os lagers parecem ideais para o refresco. Ganham nomes como Rest in Pilz (levemente amargo e seco; R$ 18,00, 350 mililitros), que remete a pilsens checos, e Gorlami (maltado, fresco, com cheirinho quase de pão; R$ 18,00, 350 mililitros), de inspiração italiana — o primeiro gole dá a impressão de que se está bebendo uma (boa) long neck numa ruazinha de Roma. O ótimo Hop Little Lover (R$ 20,00, 350 mililitros) é um session IPA, ou seja, amargo mas nem tanto, e pode anteceder o From Rejection to Oblivion n.4 (R$ 14,00, 180 mililitros), um porter, escuro, torrado e encorpado, mas que não cansa. O cardápio de petiscos é básico e, vez ou outra, deixado de lado por parte do público, já que é permitido pedir delivery de comida no próprio bar.

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2021.