Chou (Desde 2008)

Tipos de Restaurantes: Cozinha variada
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Mateus Grou, 345 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30836998
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
19:00 - 23:45
quarta-feira
19:00 - 23:45
quinta-feira
19:00 - 23:45
sexta-feira
19:00 - 00:30
sábado
19:00 - 00:30
domingo
Fechado
monetization_on

Faixa de preço

De R$151,00 a R$250,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard, Diners e American Express
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Estacionamento/Valet (R$ 20,00), Lugares/Capacidade total (44), Comida (couvert) (R$ 10,20), Levar vinhos (permite)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

É um dos lugares mais simples e encantadores da cidade, nada mais que um sobradinho branco com um quintal para lá de concorrido, mesmo em dias frios. As receitas, da proprietária Gabriela Barretto, que garantiram à casa pela segunda vez o título de melhor variado no ano passado, são quase rústicas. Mas há que tomar mais cuidado com algumas delas, como o polvo na chapa com páprica espanhola e limão-siciliano grelhado (R$ 102,00). O tostado excessivo pode dar notas quase amargas ao molusco. Verdura da moda entre os endereços descolados da cidade, o cavolo nero, uma couve rugosa típica da Toscana, aparece desidratado pelo fogo com ovo batido, menta, castanha-de-caju e queijo de cabra cremoso (R$ 19,00). Outra delícia é o cogumelo portobello ao molho de avelã moída como uma farofinha mais uma neve de parmesão (R$ 29,00). Rosada e sumarenta a bisteca de porco com sálvia, manteiga e limão (R$ 58,00) é pedida sem erro. Sobremesa? A panacota com baunilha, muita baunilha extraída da fava e compota de laranjakinkan (R$ 28,00).

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Participante

      Restaurantes Variados Comer & Beber .

      É um dos lugares mais simples e encantadores da cidade, nada mais que um sobradinho branco com um quintal para lá de concorrido, mesmo em dias frios. As receitas, da proprietária Gabriela Barretto, que garantiram à casa pela segunda vez o título de melhor variado no ano passado, são quase rústicas. Mas há que tomar mais cuidado com algumas delas, como o polvo na chapa com páprica espanhola e limão-siciliano grelhado (R$ 102,00). O tostado excessivo pode dar notas quase amargas ao molusco. Verdura da moda entre os endereços descolados da cidade, o cavolo nero, uma couve rugosa típica da Toscana, aparece desidratado pelo fogo com ovo batido, menta, castanha-de-caju e queijo de cabra cremoso (R$ 19,00). Outra delícia é o cogumelo portobello ao molho de avelã moída como uma farofinha mais uma neve de parmesão (R$ 29,00). Rosada e sumarenta a bisteca de porco com sálvia, manteiga e limão (R$ 58,00) é pedida sem erro. Sobremesa? A panacota com baunilha, muita baunilha extraída da fava e compota de laranjakinkan (R$ 28,00). (Preços checados em setembro de 2017).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2016 - Vencedor

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Quem chega para jantar aqui invariavelmente encontra uma fila — a demora é maior para ocupar as mesas no quintal, onde a decoração com fios de luzes convida a primeiros encontros e pedidos de casamento. Autora do recém-lançado Como Cozinhar Sua Preguiça, Gabriela Barretto investe em receitas simples, sem muitas etapas de preparação. Só na brasa, consegue um sabor defumado ao carapau grelhado com cabeça e tudo. Por cima do peixe, uma combinação de gengibre, pimenta-vermelha, limão-cravo e coentro no óleo de gergelim (R$ 65,00). Entradinhas para dividir, a exemplo dos lagostins (R$ 32,00) e do homus (R$ 17,00), e pratos de fogão, como o tagliatelle com bacon, raspas de limão e poejo (R$ 44,00), fazem qualquer um vencer a moleza e encarar com otimismo a espera. (Preços checados em setembro/outubro de 2016).

      Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

    • 2015 - Indicado

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Cheia de novidades, a cozinha da chef e proprietária Gabriela Barretto não se desvia de seu caminho de virtudes. São receitas essenciais, que provam que menos é mais. As pequenas porções, como o quadrado de polenta ultramacio que vai à grelha para receber creme de queijo e tapenade (R$ 18,00), entretêm o paladar. Uma versão do pastrami, feita de barriga suína e não do peito bovino, vai à mesa quentinha, com pequenas cebolas queimadas na brasa e um tipo de maionese incrementada, chamada de gribiche (R$ 32,00). O porco aparece ainda na forma de bisteca suína com sálvia e limão (R$ 54,00), que precisa ser pedida ao lado de uma guarnição como a batata-doce assada (R$ 13,00). No extremo oposto, há uma sugestão lactovegetariana que não foi criada por Gabriela, mas pela subchef Luisa Frateschi. É a berinjela com tomate, mussarela de búfala e migas (R$ 35,00). A torta aveludada de chocolate belga com toffee e amêndoa tostada (R$21,00) fecha o jantar. (Preços checados em setembro/outubro de 2015.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2014 - Indicado

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      As receitas simples e sem ornamentações desnecessárias da chef e proprietária Gabriela Barretto fascinam o paladar e trazem conforto ao estômago. Para quem não tem reserva ou não chega cedo, a espera costuma ser longa. Preparada na chapa e acompanhada de aïoli a lula (R$ 24,00), deixa um gostinho de quero mais, assim como a beterraba assada servida com laban (R$ 14,00), nome dado à coalhada caseira fresca. De cozimento impecável, o tagliatelle fresco se completa com a rusticidade de pedaços de abóbora cabotiá ao pesto de sálvia e avelã (R$ 40,00). O mundo árabe dá as caras no cardápio com a cafta de cordeiro com casca de limão-siciliano em tirinhas na conserva de especiarias (R$ 46,00). Para encerrar, peça o petit pot de chocolate do Xingu (R$ 20,00), de textura densa e sabor intenso, quebrado pela adição de creme batido na hora. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2013 - Participante

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Eleito o campeão de sua categoria no ano passado, o Chou continua um dos melhores endereços da cidade. Num ambiente acolhedor de uma antiga casinha com quintal por onde se espalham mesas, a proprietária e chef Gabriela Barretto propõe receitas simples cujos aromas seduzem o olfato de quem chega ao salão. Não pode ser mais sedosa a pasta de berinjela queimada na brasa com tomate-cereja e folhinhas de manjericão (R$ 14,00). Sem baba, o quiabo na chapa tem a companhia de amendoim, limão-taiti e azeite de gergelim (R$ 15,00). Tanto o miolo de contrafilé argentino com alho assado (R$ 55,00) quanto o peixe do dia grelhado, com frequência tainha (R$ 46,00), precisam de acompanhamentos escolhidos à parte. Vai bem nos dois casos a batata-doce assada na brasa com manteiga (R$ 12,00). Um docinho? Torta de coco e limão na companhia de uma versão especial de iogurte chamada de laban (R$ 17,00) com a qual faz um interessante contraste. (Preços checados em setembro/outubro de 2013)

      Arnaldo Lorençato e Helena Galante

    • 2012 - Vencedor

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Quando abriu o Chou, que em francês significa repolho e é também uma maneira carinhosa de tratar as crianças, a inspiração para a chef Gabriela Barretto veio de restaurantes informais chamados de “portas fechadas” que ela havia conhecido em Buenos Aires. Tratava-se, na realidade, da residência dos próprios cozinheiros, onde eles recebiam os clientes sob reserva. “Por isso, o Chou tem jeito de casinha”, explica. Desde o início Gabriela pôs em primeiro plano receitas em pequenas porções chamadas por ela de mezzés. Duas das mais apetitosas são o avocado ao limão-siciliano, dill, parmesão e ovo de codorna e a lula na chapa acompanhada de aïoli (uma espécie de maionese de alho). A maioria das preparações se beneficia dos efeitos da grelha a carvão. São ótimos exemplos a tenra costela suína ao aroma de tomilho-limão e o polvo crocante na páprica espanhola. De escolta para esses pratos, a carta de vinhos lista rótulos como o tinto espanhol Pétalos del Bierzo 2008, da cepa mencia. Arremate o jantar com torta de chocolate.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Restaurantes variados Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá, ( log out )

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s