Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Casca Gastrobar

(Desde 2021)

Tipos de Bares: Variados

VejaSP:

Endereço: Rua Gonçalo Afonso, 46 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 910658824

Site: https://www.instagram.com/cascagastrobar/

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira - Fechado

quarta-feira 10:00 - 22:00

quinta-feira 10:00 - 22:00

sexta-feira 10:00 - 22:00

sábado 12:00 - 22:00

domingo 10:00 - 17:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (60), Levar vinhos (permite)

Resenha por Saulo Yassuda

Era para o Casca Gastrobar estar em Santa Cecília. Isso até Amanda Dal-­Prá Martins e Paulo Otávio Atui Modesto — ex-engenheiros de produção, atuais donos de bar — encontrarem “o” imóvel: uma antiga residência numa ruazinha tranquila, no meio da rota entre o Cemitério São Paulo e o Beco do Batman. O espaço continua com jeito de casa. Móveis rústicos se espalham pela varanda, pelo quintal nos fundos, pelo salão e pelo terraço arejado e elevado com vista, o melhor dos ambientes. Ao som de Pabllo Vittar, Jão & cia. na caixa de som, a galera curte os drinques mandados pela bartender Paola Menezes (do extinto Eugênia Café Bar). São simples e bons, como o pedro bala (R$ 24,00), que leva São João da Barra (aguardente popular conhecida como conhaque de alcatrão), limão-siciliano, xarope de açúcar, Angostura e rodela de laranja-baía. É defumadinho mas com frescor. E tem o tieta (gim, soda de caju da casa, suco de limão-taiti e fatias das frutas; R$ 29,00), depois do qual você pode se questionar se precisa, mesmo, tomar sempre gim-tônica. Boa parte dos petiscos não é para carnívoros, caso do quibe assado de lentilha (R$ 22,00, seis unidades). Como o sabor é muito suave, vale colocar a geleia de abacaxi com pimenta por cima. Sem erro, o pastelzinho caipira de farinha de milho e recheio de queijo de coalho é uma delícia (R$ 22,00, seis unidades). E, como se vê, os preços não são inimigos.

Informações checadas em julho de 2021. 

    Era para o Casca Gastrobar estar em Santa Cecília. Isso até Amanda Dal-­Prá Martins e Paulo Otávio Atui Modesto — ex-engenheiros de produção, atuais donos de bar — encontrarem “o” imóvel: uma antiga residência numa ruazinha tranquila, no meio da rota entre o Cemitério São Paulo e o Beco do Batman. O espaço continua com jeito de casa. Móveis rústicos se espalham pela varanda, pelo quintal nos fundos, pelo salão e pelo terraço arejado e elevado com vista, o melhor dos ambientes. Ao som de Pabllo Vittar, Jão & cia. na caixa de som, a galera curte os drinques mandados pela bartender Paola Menezes (do extinto Eugênia Café Bar). São simples e bons, como o pedro bala (R$ 24,00), que leva São João da Barra (aguardente popular conhecida como conhaque de alcatrão), limão-siciliano, xarope de açúcar, Angostura e rodela de laranja-baía. É defumadinho mas com frescor. E tem o tieta (gim, soda de caju da casa, suco de limão-taiti e fatias das frutas; R$ 29,00), depois do qual você pode se questionar se precisa, mesmo, tomar sempre gim-tônica. Boa parte dos petiscos não é para carnívoros, caso do quibe assado de lentilha (R$ 22,00, seis unidades). Como o sabor é muito suave, vale colocar a geleia de abacaxi com pimenta por cima. Sem erro, o pastelzinho caipira de farinha de milho e recheio de queijo de coalho é uma delícia (R$ 22,00, seis unidades). E, como se vê, os preços não são inimigos.

    Informações checadas em julho de 2021.