Casa Búlgara (Desde 1975)

Tipos de Comidinhas: Salgados
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Silva Pinto, 356 - Bom Retiro - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 32229849
Horário:
segunda-feira
09:20 - 18:10
terça-feira
09:20 - 18:10
quarta-feira
09:20 - 18:10
quinta-feira
09:20 - 18:10
sexta-feira
09:20 - 18:10
sábado
09:20 - 14:00
domingo
Fechado
payment

Formas de pagamento

Cartões de débito: Visa Electron e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Lugares/Capacidade total (18)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Ainda hoje, a bureka não é tão conhecida em São Paulo. Mesmo assim, há um grupo de paulistanos fãs do apetitoso salgado, popular na Europa Central e já premiado pelo guia COMER & BEBER em 2009. Uma das responsáveis pela introdução da receita aqui foi a cozinheira Lina Levi. Em 1975, essa emigrante da Bulgária abriu a lanchonete Casa Búlgara, no Bom Retiro, onde trabalhou ao lado da filha, Shoshana Baruch, até três semanas antes de morrer, aos 91 anos, em 20 de dezembro de 2018. Desde então, os cuidados do negócio estão a cargo de Shoshana, que promete manter a tradição iniciada pela mãe. Felizmente, a bureka, que consiste numa massa folhada delicada em formato de rosquinha, continua na vitrine com recheios como o de queijo búlgaro feito na casa (R$ 8,20 cada uma).

Leia mais no Blog do Lorençato: Memória: Lina Levi (1927-2018), a criadora da Casa Búlgara

Informações checadas em janeiro de 2019

    Comer e beber

    • 2018 - Participante

      Salgados - Comidinhas Comer & Beber .

      O tempo parece ter parado no pequeno endereço de Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha. Além do ambiente para lá de simples, o que nunca muda é a qualidade dos salgados, que atendem pelo nome de bureka. Típica do Leste Europeu, nada mais é que uma rosquinha de massa folhada com diferentes recheios. Entre as melhores pedidas estão a de queijo búlgaro, feito na casa e que se assemelha ao feta, e a de batata. Tem ainda de carne, de espinafre, de frango... qualquer uma delas sai por R$ 8,20. Dobrada como um triângulo, a mesma receita é chamada de kizada e aparece preenchida de cogumelo-de-paris (R$ 6,30). No papel de um docinho estão a bureka de chocolate (R$ 9,30) e a torta de ricota (R$ 8,20), levinha, levinha.

      Gabrielli Menezes e Fábio Galib

    • 2017 - Participante

      Salgados Comer & Beber .

      A pequena loja de salgados é tocada há mais de quatro décadas por Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha. Sem esconder as marcas do tempo, o ponto guarda uma das grandes delícias da cidade, não muito popular por aqui. Trata-se da bureka, espécie de rosquinha típica da Europa Central, feita de massa folhada com diferentes recheios. São imbatíveis a de queijo búlgaro preparado lá mesmo e a de batata. Cada uma delas custa R$ 7,80, o mesmo preço das versões de carne, frango e gorgonzola. Das doces, a de chocolate sai a R$ 8,90. (Preços checados em setembro de 2017).

      Fábio Galib e Gabrielli Menezes

    • 2016 - Participante

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Imune ao tempo, preserva o hábito de não aceitar cartões e de anotar os pedidos a caneta em um pedaço de papel. A especialidade ali atende pelo nome de bureka, uma espécie de rosquinha de massa folhada típica do Leste Europeu. Nas mãos de Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha, ela ganha versões como queijo búlgaro feito ali mesmo, carne com berinjela, frango e batata, uma das melhores. Qualquer uma delas é vendida por R$ 7,40. Há também recheios doces, como chocolate (R$ 8,50), bem como uma saborosa torta de ricota (R$ 7,40). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib, Mônica Santos e Jennifer Detlinger

    • 2015 - Participante

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Atende pelo nome de bureka a delícia preparada por Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha. Trata-se de uma receita típica do leste europeu em que a delicada massa folhada é moldada em formatos que mudam de acordo com a região. Em uma lojinha no Bom Retiro com decoração para lá de simples, elas vendem o quitute na forma de rosquinha e em sabores como queijo búlgaro preparado na casa, batata, frango e carne com berinjela (R$ 6,30 cada um). Há também cinco opções doces, caso da que leva chocolate em seu interior (R$ 7,50). Dobrada como um triângulo, a mesma receita é chamada de kizada e aparece com ótimos recheios de berinjela com queijo búlgaro ou de cogumelo-de-paris (R$ 4,90 cada uma). Colabora para deixar a vitrine ainda mais apetitosa o strudel de maçã com nozes (R$ 6,30). Para beber, tem um trivial cafezinho (R$ 3,80). (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Mariana Oliveira

    • 2014 - Participante

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Como a matriz no Bom Retiro tem salão bem simples, quem passa pela rua normalmente não dá nada pelo espaço. Mas vale abrir a cabeça para conhecer novos sabores — o que muitas vezes implica ampliar o vocabulário. Por aqui, a palavra ensinada é bureka, como se chama no Leste Europeu o salgado que pode ter formas e recheios diversos. Nesta loja, a tal bureka aparece como uma rosquinha de massa folhada. Um dos melhores sabores leva queijo búlgaro, que lembra o feta grego. Custa R$ 5,80. Ainda entre as versões vegetarianas, prove as de batata e de queijo gorgonzola (R$ 5,80 cada uma). A carne bovina pode vir pura ou misturada com berinjela (R$ 5,80 cada uma). Também fornece o salgado para restaurantes e bares, como o novo Mandíbula, no centro. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Helena Galante e Sophia Braun

    • 2013 - Participante

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Você já ouviu falar em bureka? Trata-se de um pãozinho recheado popular no Leste Europeu, que ganha diferentes formas e sabores conforme a região. Semelhante a uma rosquinha de massa folhada, a variante búlgara (conhecida como banitza) é a especialidade da imigrante Lina Baruch, que comanda desde 1975 a matriz do Bom Retiro. Ao lado da flha, Shoshana, ela prepara pessoalmente o queijo (espécie de feta grego) usado para rechear os salgados. Nas versões mais tradicionais, o ingrediente aparece puro ou acrescido de espinafre (R$ 5,20 cada um). Mas vale pedir pelo sabor que estiver mais fresquinho, recém-saído do forno, entre eles carne, frango, batata e até gorgonzola. Para os chocólatras, há uma irresistível opção de chocolate meio amargo (R$ 6,20). (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Helena Galante e Sophia Braun

    • 2012 - Participante

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Quem nunca ouviu falar de uma bureka pode se assustar com o nome. Não precisa. Esse salgado muito comum no Leste Europeu é uma rosquinha de massa folhada de aparência e sabor encantadores. No Bom Retiro, elas são feitas carinhosamente por Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha. Para começar, experimente as versões de carne ou queijo. Depois, será difícil não repetir. Peça, então, as de espinafre ao queijo, carne com berinjela, batata, frango ou gorgonzola.

      Veja SP

    • 2011 - Indicado

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Não é à toa que recebeu dois votos do júri. As burekas (rosquinhas folhadas típicas do Leste Europeu) produzidas por Lina Levi e Shoshana Baruch, mãe e filha, são uma delícia. Entre os melhores recheios estão o de queijo búlgaro, feito na matriz do Bom Retiro, de gorgonzola e carne. Uma salada de pepino, coalhada e endro acompanha bem as pedidas. Para a sobremesa, a mesma massa crocante e amanteigada ganha recheio de chocolate, entre outros.

      Veja SP

    • 2010 - Indicado

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      Mãe e filha, Lina Levi e Shoshana Baruch comandam a produção de burekas — rosquinhas folhadas típicas do Leste Europeu. Premiadas pelo júri no ano passado, essas delícias salgadas são produzidas diariamente no Bom Retiro. Podem vir recheadas de batata, frango, gorgonzola e carne. Outra opção combina queijo búlgaro, um laticínio parecido com o feta, feito lá mesmo. Burekas doces de uva e de abóbora com coco (disponíveis apenas na matriz do Bom Retiro) incrementam o cardápio.

      Veja SP

    • 2009 - Vencedor

      Comidinhas salgados Comer & Beber .

      A Bulgária é um país do Leste Europeu um tanto desconhecido para nós. Ainda assim, um de seus salgados mais tradicionais, a bureka, sobe ao pódio neste ano. Quem trouxe para cá essa deliciosa rosquinha folhada e levou o prêmio foi a Casa Búlgara, inaugurada no Bom Retiro em 1975. A proprietária, a imigrante Lina Levi, de 82 anos, deixou sua terra natal em busca de oportunidades de trabalho. Logo que abriu uma portinha para vender quitutes, conquistou o público. Hoje, sua filha Shoshana Baruch ajuda no comando da cozinha, de onde saem em média 150 salgados por dia. As burekas ganham recheios como batata, espinafre com queijo, frango, gorgonzola e carne. Esse último, com tempero de cebola, salsinha e um toque de pimenta-do-reino, combina bem com a saladinha de pepino, coalhada e endro. A versão de queijo búlgaro usa um laticínio similar ao feta, feito ali mesmo. Para levá-la para casa (por quilo). Há também uma sobremesa preparada com a mesma massa crocante, recheada de chocolate meio amargo. Fora da matriz, a variedade de produtos é diferente e os preços ficam um pouco mais altos.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s