Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bark & Crust Meat House

(Desde 2019)

Tipos de Restaurantes: Carnes

VejaSP:

Endereço: Rua Artur de Azevedo, 657 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 26490950

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 23:00

domingo 12:00 - 17:00

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (112), Levar vinhos (permite) (R$ 65,70)

Resenha por Arnaldo Lorençato

Embora tenha se tornado um nome conhecido entre os fãs de churrasco, em particular pelas aulas que ministra sobre o tema, pelas participações em festivais dedicados à carne e pelo título de juiz em barbecue conferido por aquela que é considerada a maior entidade da especialidade no mundo, a Kansas City Barbeque Society (KCBS), nos Estados Unidos, Daniel Lee não tinha um restaurante para chamar de seu. Esse cenário mudou em dezembro, mês da abertura da Bark & Crust Meat House, com um investimento estimado em quase 2 milhões de reais. Formado em administração e egresso de uma extinta empresa têxtil que pertenceu à família, de origem sul-coreana, Lee deu os primeiros passos na gastronomia profissional em 2014. Inicialmente, dedicou-se aos cortes traseiros, que ele apresenta no cardápio na forma dry aged e com nomes americanos como new york strip (R$ 99,70), uma peça de contrafilé de ótima qualidade — as carnes maturam da câmara fria envidraçada do açougue na entrada, logo depois do bar. “Percebi que valorizava só metade do animal e, por isso, caí no mundo do pit (grelha americana de defumação) e fiz a formação na Flórida”, lembra o pitmaster. Dessa experiência, ele apresenta um brisket (R$ 79,70) que defuma de oito a dezoito horas, dependendo do tamanho e da quantidade de colágeno que tem a peça dianteira. O resultado é fabuloso, com fatias que quase desmancham de tão macias. Sugestão de guarnição, a tábua de hortaliças com abóbora-cabotiá, cenoura, abobrinha, batata-doce, brócolis, quiabo, cogumelo shiitake, couve-flor, tomate e alho (R$ 39,70) pode ser uma alternativa para vegetarianos, já que há uma grelha só para os legumes. De entrada, se não pedir a ótima linguiça (R$ 17,70) que combina peito bovino e berinjela — isso mesmo, berinjela —, vai perder um dos melhores itens do cardápio. Paladares mais comportados podem ir direto para o torresmo da casa, uma barriga de porco (R$ 17,70) que poderia ser um tantinho mais crocante. Uma sugestão para o neo-restaurateur é incluir pelo menos um acompanhamento coreano no menu. Tem tudo para bombar, assim como o bolo de coco (R$ 12,70), sucesso da sobremesa.

Informações checadas em março de 2020.

    Embora tenha se tornado um nome conhecido entre os fãs de churrasco, em particular pelas aulas que ministra sobre o tema, pelas participações em festivais dedicados à carne e pelo título de juiz em barbecue conferido por aquela que é considerada a maior entidade da especialidade no mundo, a Kansas City Barbeque Society (KCBS), nos Estados Unidos, Daniel Lee não tinha um restaurante para chamar de seu. Esse cenário mudou em dezembro, mês da abertura da Bark & Crust Meat House, com um investimento estimado em quase 2 milhões de reais. Formado em administração e egresso de uma extinta empresa têxtil que pertenceu à família, de origem sul-coreana, Lee deu os primeiros passos na gastronomia profissional em 2014. Inicialmente, dedicou-se aos cortes traseiros, que ele apresenta no cardápio na forma dry aged e com nomes americanos como new york strip (R$ 99,70), uma peça de contrafilé de ótima qualidade — as carnes maturam da câmara fria envidraçada do açougue na entrada, logo depois do bar. “Percebi que valorizava só metade do animal e, por isso, caí no mundo do pit (grelha americana de defumação) e fiz a formação na Flórida”, lembra o pitmaster. Dessa experiência, ele apresenta um brisket (R$ 79,70) que defuma de oito a dezoito horas, dependendo do tamanho e da quantidade de colágeno que tem a peça dianteira. O resultado é fabuloso, com fatias que quase desmancham de tão macias. Sugestão de guarnição, a tábua de hortaliças com abóbora-cabotiá, cenoura, abobrinha, batata-doce, brócolis, quiabo, cogumelo shiitake, couve-flor, tomate e alho (R$ 39,70) pode ser uma alternativa para vegetarianos, já que há uma grelha só para os legumes. De entrada, se não pedir a ótima linguiça (R$ 17,70) que combina peito bovino e berinjela — isso mesmo, berinjela —, vai perder um dos melhores itens do cardápio. Paladares mais comportados podem ir direto para o torresmo da casa, uma barriga de porco (R$ 17,70) que poderia ser um tantinho mais crocante. Uma sugestão para o neo-restaurateur é incluir pelo menos um acompanhamento coreano no menu. Tem tudo para bombar, assim como o bolo de coco (R$ 12,70), sucesso da sobremesa.

    Informações checadas em março de 2020.