Amigo Leal (Desde 1967)

Tipos de Bares: Chope e cerveja
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Amaral Gurgel, 165 - Vila Buarque - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 32236873
Horário:
segunda-feira
11:30 - 00:30
terça-feira
11:30 - 00:30
quarta-feira
11:30 - 00:30
quinta-feira
11:30 - 00:30
sexta-feira
11:30 - 00:30
sábado
11:30 - 00:30
domingo
Fechado
Estabelecimento fechado
monetization_on

Faixa de preço

De R$36,00 a R$70,00

payment

Formas de pagamento

Cartões de crédito: Visa, Mastercard e Diners
Cartões de débito: Visa Electron, Rede Shop e Maestro

check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (100)

Resenha por Saulo Yassuda e Fábio Galib

Leopoldo Urban, que fundou o Bar Léo em 1940, abriu esta outra instituição etílica da cidade 27 anos depois. Se a rua na qual ele está instalado mudou bastante com a construção do Minhocão, lá dentro tudo parece igual, seja pelo ambiente de sotaque germânico, seja pelo chope de qualidade (Brahma, R$ 8,80 o claro e R$ 10,30 o escuro). Uma canequinha de steinhäger (R$ 12,00), bem gelado, também cai bem. Dos tira-gostos, vá de canapé rococó (R$ 29,00) e de alemão maluco (R$ 24,00), sanduíche no pão francês com kassler, chucrute e molho tártaro.

Preços checados em setembro de 2017.

    Comer e beber

    • 2017 - Participante

      Chope e cerveja Comer & Beber .

      Leopoldo Urban, que fundou o Bar Léo em 1940, abriu esta outra instituição etílica da cidade 27 anos depois. Se a rua na qual ele está instalado mudou bastante com a construção do Minhocão, lá dentro tudo parece igual, seja pelo ambiente de sotaque germânico, seja pelo chope de qualidade (Brahma, R$ 8,80 o claro e R$ 10,30 o escuro). Uma canequinha de steinhäger (R$ 12,00), bem gelado, também cai bem. Dos tira-gostos, vá de canapé rococó (R$ 29,00) e de alemão maluco (R$ 24,00), sanduíche no pão francês com kassler, chucrute e molho tártaro. (Preços checados em setembro de 2017).

      Saulo Yassuda e Fábio Galib

    • 2016 - Participante

      Bares chope e cerveja Comer & Beber .

      1967. Esse foi o ano de fundação deste clássico bar, que felizmente resiste sob o concreto do Minhocão. Só pelos canapés frios, como o rococó (copa e gorgonzola sobre fatias de pão; R$ 25,00), a ida já vale a pena. Salgadinho, o acepipe pede chope Brahma (claro, R$ 8,00; escuro, R$ 9,80), cremoso na medida. Para animar ainda mais a noitada, steinhäger gelado (R$ 11,00, nacional). Caso a fome aperte, peça o bolinho de carne (R$ 8,00), melhor que o de joelho de porco, chucrute e requeijão (R$ 8,00). (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2015 - Participante

      Bares chope e cerveja Comer & Beber .

      As portas deste clássico sob o Minhocão permaneceram fechadas entre dezembro do ano passado e fevereiro de 2015. Durante o período, uma reforma deixou a cozinha e os banheiros em melhores condições. O salão, por sua vez, felizmente se encontra com o mesmo jeito de chalé de antes, agora com piso novo. Em cima da maioria das mesas (cobertas por toalhas laranja, e não mais xadrez), repousam os bons canapés de rosbife e de linguiça blumenau no pão integral (R$ 22,50), que pedem gotinhas de mostarda. Melhor ainda, o bolinho de carne bem temperado, frito na hora e de casquinha crocante, custa R$ 6,00. Apesar de chegar com o interior bem cozido, mostra-se deliciosamente suculento. Bebida oficial do lugar, o bem tirado chope (Brahma, R$ 7,60) vem servido num copo mais alto e magro que a caldeireta clássica e tem creme espesso e persistente. O líquido também é oferecido na caneca de 500 mililitros (R$ 11,50) e na versão black (R$ 8,50). (Preços checados em setembro/outubro de 2015).

      Saulo Yassuda

    • 2014 - Participante

      Bares chope e cerveja Comer & Beber .

      Curiosamente deslocados da decoração de taberna antiga, macacos aparecem espalhados na forma de abajures, quadros e bonecos de pelúcia. Enquanto a vida corre lá fora, na Rua Amaral Gurgel, com seus carros e ônibus barulhentos, o boteco parece estático no tempo desde 1967. Pedir um chope (Brahma, R$ 6,90) é fundamental. Geladíssimo e de colarinho generoso, chega em um copo alto e estreito, que mantém o creme por mais tempo. Na hora do tira-gosto, vá de clássicos: bolinho de carne (R$ 4,60) e pastel de camarão (mesmo preço), bem bons. Apesar de pouco afeito a novidades, o endereço lançou neste ano o gostoso bolinho de einsbein (R$ 5,00), recheado de lascas da carne de porco, requeijão e chucrute. Para o trago final, escale a aguardente wacholder (R$ 10,00). Armazenada em uma garrafa congelada, o destilado aromatizado de zimbro é servido em uma canequinha, na frente do freguês. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Participante

      Bares happy hour Comer & Beber .

      A fachada de um chalé alpino sob o Minhocão já sugere algo diferente, fora do contexto. E é exatamente isto que se encontra lá: uma verdadeira taberna. Paredes revestidas com madeira, mesinhas cobertas por toalhas quadriculadas em marrom e branco, cadeiras pesadas, fotos de outros tempos e um gigantesco desenho de um chimpanzé bombeando cerveja de um barril — o símbolo da casa — dão o clima do salão. Lá, todos são bem tratados e bem servidos. O chope Brahma (R$ 6,90) é um primor. Gelado e cremoso, geralmente aparece na companhia de um pratinho de canapés (R$ 17,50 a R$ 22,50); mesmo que você não peça, ele chega. Para não se arrepender, deixe-o ficar por ali — bem temperado, é o acompanhamento ideal. A casa atrai um pessoal da antiga e mais alguns jovens que se dignam de desbravar os bons endereços fora do eixo das obviedades. De inspiração alemã, a comida mostra-se muito benfeita. Opte pela salada de batata com salsichão (R$ 32,00), tão simples e tão boa. (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2012 - Participante

      Bares happy hour Comer & Beber .

      Assim como o Bar Léo, que reabriu em agosto, a choperia alemã foi fundada pelo já falecido curitibano Leopoldo Urban. Apesar da localização, na deteriorada Rua Amaral Gurgel e sob o Minhocão, mantém um público cativo na happy hour. No ambiente de estilo antigão, repare nas fotos em preto e branco da festa de inauguração, em fevereiro de 1967. Servido numa caldeireta mais alta e estreita, o chope (Brahma) ostenta colarinho generoso, mas nem sempre vem na temperatura ideal. Para beliscar, peça os canapés de frios à moda germânica.

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Bares happy hour Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Bares happy hour Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s