A Padeira (Desde 2016)

Tipos de Comidinhas: Padarias
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Isabel de Castela, 426 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 30343514
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
Fechado
quarta-feira
15:00 - 18:00
quinta-feira
15:00 - 18:00
sexta-feira
15:00 - 18:00
sábado
Fechado
domingo
Fechado

Resenha por Gabrielli Menezes

É o oposto de uma “padaria quase loja de conveniência”, como muitas se tornaram na última década. Não tem frios nem espaço para café, muito menos funcionamento 24h. Para comer o pão de Alethea Suedt é preciso se esforçar: a casa funciona só de quarta a sexta, das 15h às 18h ou até acabarem os itens. E, veja bem, eles podem acabar rápido. Logo na abertura, os habitués da loja fazem fila na porta enquanto namoram as criações expostas na charmosa vitrine. Lindo, o nosso pão (R$ 33,00 o quilo) é feito com farinha orgânica 80% integral moída na casa. Pouco menor, o de azeitona (R$ 23,00) tem interior elástico. Também são primorosas as receitas de viennoiserie como o pain au chocolat (R$ 10,50) e o croissant com recheio e cobertura de castanha-do-pará (R$ 13,50).

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    Comer e beber

    • 2019 - Vencedor

      Padeira do Ano COMER & BEBER .

      Ela não é do tipo que gosta de amaciar o ego com autoelogios, mas deu a deixa da sua dedicação ao intitular a sua micropadaria de A Padeira. De fato, não se trata de uma padeira qualquer. Alethea largou o trabalho como designer de joias para se dedicar ao pão e continua lapidando cada exemplar como se fossem esmeraldas ou diamantes comestíveis. Além do trabalho diário nas masseiras e fornos, ao menos uma segunda-feira por mês, ela segue o rumo que o Waze mandar até o sítio onde planta trigo e centeio, em Piracaia, a 94 quilômetros da capital. O pedaço de terra é de um casal de produtores de orgânicos, Maria Alejandra Alcala e Dercílio Pupin. “Achei a Família Orgânica pela internet e, no início, pareceram desconfiados com a proposta. Perguntei se poderia ir até eles para conversar ao vivo”, explica. Quase dois anos após o encontro, é recebida por lá com abraços e, na despedida, pedem que ela fique cinco minutinhos a mais. Esse contato a aproximou do campo por meio de fotos da plantação tiradas pelos produtores e enviadas por SMS (ela prefere não usar WhatsApp). Seu aprendizado vem se ampliando com temas como sementes, agrofloresta e animais que nela vivem, caso da capivara e da lebre africana. Vez ou outra, leva a filha e o marido na visita. Também vislumbra comprar o terreno vizinho: “Parece que o mundo termina aqui neste vale entre montanhas, não é?”, suspira. A safra de 2018, porém, não vingou. Rendeu apenas as mudas para 2019. “Plantar trigo em São Paulo é um desafio”, diz. “As plantas se adaptam melhor em regiões mais frias, como o sul do país”. Neste ano, o sucesso foi maior. Parente do trigo, o centeio da foto será colhido por até meados de novembro e moído na padaria. A fornada especial deve estrear em dezembro. Como ela costuma dizer, o pão começa no campo. E agora para valer.

      Gabrielli Menezes

    • 2019 - Participante

      Comidinhas - Padarias COMER & BEBER .

      É o oposto de uma “padaria quase loja de conveniência”, como muitas se tornaram na última década. Não tem frios nem espaço para café, muito menos funcionamento 24h. Para comer o pão de Alethea Suedt é preciso se esforçar: a casa funciona só de quarta a sexta, das 15h às 18h ou até acabarem os itens. E, veja bem, eles podem acabar rápido. Logo na abertura, os habitués da loja fazem fila na porta enquanto namoram as criações expostas na charmosa vitrine. Lindo, o nosso pão (R$ 33,00 o quilo) é feito com farinha orgânica 80% integral moída na casa. Pouco menor, o de azeitona (R$ 23,00) tem interior elástico. Também são primorosas as receitas de viennoiserie como o pain au chocolat (R$ 10,50) e o croissant com recheio e cobertura de castanha-do-pará (R$ 13,50).

      Gabrielli Menezes

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s