Clique e assine por apenas 5,90/mês

As boas lições de Seul, com Raul Juste Lores

Redator-chefe conta o que viu na Coreia do Sul e que poderia ser adotado em São Paulo. Há boas sacadas para rios, prédios, trânsito e parques lineares

Por Raul Juste Lores - Atualizado em 14 fev 2020, 15h58 - Publicado em 14 jun 2019, 18h28

Desde 1985 VEJA SÃO PAULO dedica-se a cobrir o que há de melhor (e tudo o que precisa melhorar) na maior cidade do Brasil. Para além das páginas da revista, a marca tem forte presença digital. São quase 8 milhões de visitantes únicos por mês no site e perto de 720 000 seguidores engajados no Instagram, sem falar na turma que prefere acompanhar as notícias da cidade no Twitter ou pelos vídeos com os melhores programas do fim de semana no YouTube. A partir desta semana, a Vejinha estreia também no universo dos podcasts, somando quatro novos programas aos sete já produzidos pela Editora Abril. “Somos uma plataforma de conteúdo que está onde quer que o paulistano esteja. Os novos podcasts são mais um veículo para aproximar a nossa comunidade que é apaixonada por São Paulo e quer informação e diversão direto no celular, com seu foninho de ouvido”, diz o redator-chefe, Raul Juste Lores.

É ele quem faz as perguntas difíceis sobre o futuro da nossa cidade e propõe caminhos possíveis no #SPSONHA, que vai ao ar sempre às terças. “São Paulo ainda não desenvolveu a cultura de discutir a si mesma. Nossa bandeira é mirar no que dá para melhorar e colocar uma lupa sobre áreas esquecidas que têm grande potencial”, completa Juste Lores. No primeiro episódio, o tema do bate-papo é a cidade de Seul, na Coreia do Sul. 

 

Você também pode ouvir no YouTube, no Spotify no SoundCloud e no Deezer.

Não sabe como ouvir podcast? Clique aqui para ver o passo a passo.

 

Continua após a publicidade
Publicidade