O que fazer com o medo, a raiva e a tristeza

Autor do livro 'O Lado Bom do Lado Ruim', o psiquiatra e professor Daniel Barros fala sobre como usar as emoções como alarmes

Alegria todo mundo gosta de sentir. Mas como reagir quando as sensações experimentadas são chamadas de negativas, como o medo, a raiva e a tristeza? Psiquiatra e professor, Daniel Barros é o convidado do episódio #40 do podcast Jornada da Calma para falar sobre seu novo livro, O Lado Bom do Lado Ruim. “Quanto menor a capacidade da pessoa detectar seus próprios estados emocionais, maior a chance de ter depressão”, afirmou Daniel. Na conversa com Helena Galante, ele reforçou a importância de aprender a dar nomes para os estados emocionais.

Longe de fazer uma espécie de apologia ao sofrimento, Daniel fala sobre como podemos aprender a identificar os sinais de que algo está faltando, para então mexer na causa do problema. “As emoções são sinais. Funcionam como os alarmes da UTI. Não adianta desligar o alarme sem identificar o que está causando o problema.” Ele explica ainda como os sentimentos têm papel fundamental na comunicação e como é possível traçar pontos cardeais para navegar pelo conturbado mar das emoções.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s