Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Destroços de navio misterioso são registrados por drone em Santos

Pesquisadores estão tentando identificar a embarcação encalhada na orla

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 jul 2020, 17h05 - Publicado em 22 jul 2020, 16h40

Restos de um navio encalhado na praia de Embaré, em Santos, litoral paulista, atraíram a atenção dos banhistas na última terça-feira (21). O local está cercado para proteger visitantes e moradores. As informações são do G1.

A embarcação já havia aparecido em agosto de 2017 e julho de 2019. De acordo com a Prefeitura de Santos, a baixa da maré fez com que o casco do navio, feito de pedaços de madeira e metal com mais de 50 metros de comprimento, aparecesse. Ocasionalmente, apenas partes do navio acabam ficando expostas, mas, nesta semana, a carcaça completa apareceu.

Pesquisadores suspeitavam que fossem destroços do veleiro Kestrel, que afundou na região em 11 de fevereiro de 1895. Entretanto, segundo José Carlos Silvares, escritor e especialista em naufrágios, a hipótese foi desconsiderada após análise do material da estrutura. “Acreditamos que poderia ser o veleiro, mas descartei porque era um navio de ferro, e essa estrutura é de madeira. Pode ser mais antigo ainda”, revelou.

  • Publicidade