O que fazer no fim de semana sem gastar nada

Cinema drive-in, sessões do Risadaria e mostras para crianças integram a lista

As férias estão acabando e, com a volta às aulas, é melhor aproveitar bem o tempo de diversão. Confira o que você pode fazer na capital nesse último de final de semana de férias sem gastar um centavo:

COM AS CRIANÇAS

Exposições divertidas

Para as crianças, há varias opções gratuitas em shoppings da cidade. Além disso, alguns espaços culturais também estão pensando na diversão dos meninos e meninas. O Museu da Imigração é um deles, e preparou uma programação especial para o mês inteiro. O espaço Mundo de Brincar disponibiliza cama elástica, cantinho de leitura, desenhos para colorir e piscina de bolinhas para os meninos e meninas de até 10 anos de idade.

Museu da Imigração. Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca, 2692-1866. Terça a domingo, 11h às 17h. Grátis aos sábados.

O Centro Cultural Fiesp inaugurou na última semana a mostra Olá, Mauricio!, em comemoração aos sessenta anos da Mauricio de Sousa Produções. São dezesseis pinturas, sete esculturas e objetos pessoais do artista, como troféus e certificados. Há espaços pensados para tirar fotografias e muitos cenários divertidos. Um deles traz esculturas do Sansão e do Franjinha nos traços do primeiro gibi publicado por Mauricio, de 1959.

Centro Cultural Fiesp. Avenida Paulista, 1313,  3549-4499. Terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 20h. Até 15 de dezembro

Turminha reunida: exposição tem vários espaços divertidos para tirar fotografias com os personagens

Turminha reunida: exposição tem vários espaços divertidos para tirar fotografias com os personagens (Divulgação/Divulgação)

Teatrinho

O espetáculo Mozart Moments, do Grupo Sobrevento, está em cartaz aos domingos, 11h. A vida do compositor austríaco é narrada por marionetes em trajes de época, manipuladas por Sandra Vargas, Luiz André Cherubini e Maurício Santana (60 min). Grátis. Livre. Senhas distribuídas uma hora antes no local.

Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Consolação, 3775-0002  Domingo, 11h. Até o dia 28.

Mozart Moments: mostra conta a vida do compositor austríaco com teatro de bonecos

Mozart Moments: mostra conta a vida do compositor austríaco com teatro de bonecos (Divulgação/Divulgação)

 

RISADARIA PARA ADULTOS E CRIANÇAS NA FAIXA

Na 10ª edição, o Festival Risadaria ocupa entre os dias 15 e 26 deste mês um dos espaços mais tradicionais da cidade: o Teatro Sérgio Cardoso, no Bixiga. Grandes nomes da comédia nacional entram em cena na Sala Paschoal Carlos Magno com entrada franca. Os ingressos devem ser retirados na bilheteria uma hora antes de cada apresentação. Entre os nomes escalados estão Rafael Cortez, Oscar Filho, Victor Sarro, Maurício Meirelles, Emerson França e Jeffinho Farias. O Risadaria Kids também leva uma programação para a criançada entre os dias 20 e 28. A programação tem um show previsto de Nina, personagem interpretada por Marlei Cevada que ficou famosa por suas participações no programa A Praça é Nossa, desde 2010 (45 min).

Teatro Sérgio Cardoso. Rua Rui Barbosa, 153, Bela Vista, 3288-0136. Sábado e domingo, 14h às 19h.

 (Divulgação/Divulgação)

TEATRO

Piso Molhado 

Mauro Baptista Vedia dirige a comédia Piso Molhado, de Ed Anderson. Em cena, uma cantora decadente, um velho pianista e um encanador tentam driblar as próprias neuroses em meio ao caos de uma metrópole. Com Patricia Gasppar, Helio Cicero, Carlos Palma e Valéria Pedrassoli (70min). 12 anos.

Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h. Grátis. Ingressos disponíveis uma hora antes. Até domingo (28).

Piso Molhado: Carlos Palma, Valéria Pedrassoli, Patricia Gasppar e Helio Cicero

Piso Molhado: Carlos Palma, Valéria Pedrassoli, Patricia Gasppar e Helio Cicero (Priscila Prade/Divulgação)

CINEMA

O Cine Autorama está em seu segundo final de semana, dessa vez no Memorial da América Latina por três dias (26, 27 e 28 de julho). O projeto visa rememorar o estilo de cinema drive-in que teve seu auge nos anos 40. Antes das exibições haverá uma programação musical para esquentar o clima. As sessões dos longas-metragens são precedidas de curtas. Para garantir a vaga (do seu carro), aconselho que faça a reserva antecipada no site cineautorama.com.br. Quem não tem carro pode garantir um dos quarenta assentos ao ar livre que estarão disponíveis. O áudio do filme é transmitido por uma estação de FM ou por meio de smartphones. Faça chuva, faça frio, as sessões ocorrem normalmente. Confira aqui a programação completa.

Memorial da América Latina. Avenida Auro Soares De Moura Andrade, 664, Barra Funda, 3823-4600. Sexta e sábado, 19h15 às 22h05; domingo, 18h15 às 21h10.

Cine Autorama: diversão para todas as idades

Cine Autorama: diversão para todas as idades (Letícia Godoy/Divulgação/Veja SP)

EXPOSIÇÕES

O Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File) celebra vinte anos em 2019. Sob a batuta de Paula Perissinotto, são exibidas nesta edição 250 obras, entre gifs, animações e instalações feitas por brasileiros e estrangeiros. Da banda de cá, é possível observar Tempo: Cor (à dir.; 2019), do artista mineiro Pedro Veneroso. Na peça, um relógio é construído de forma peculiar, com as horas convertidas em um arco-íris cheio de tons. De fora, o holandês Teun Vonk mostra Senso de Gravidade (2019), espécie de câmara que simula um vácuo e dá ao visitante a impressão de ausência de peso corporal.

Centro Cultural Fiesp. Avenida Paulista, 1313, ☎ 3146-7439. Terça a sábado, 10h às 22h; domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 11 de agosto.

Obra Senso de Gravidade, de Teun Vonk: experiência surreal na FILE

Obra Senso de Gravidade, de Teun Vonk: experiência surreal na FILE (Hanneke Wetzer/Divulgação)

Em Predição Instantânea do Tempo, o argentino Eduardo Navarro espalha trinta trajes de náilon pelo Pivô. As túnicas têm um capacete, no qual é acoplada uma biruta, instrumento que sinaliza a direção das correntes de ar. Esse “detalhe” entrega as intenções do artista, que se interessa pela coreografia que o vento é capaz de fazer. Com espelhos distribuídos pelo espaço, ele também multiplica as vestes, que parecem formar uma seita futurista. No sábado (27), bailarinas dão corpo às roupas em uma performance na parte externa do prédio. Pivô.

Edifício Copan. Avenida Ipiranga, 200, ☎ 3255-8703. Terça a sábado, 13h às 19h. Grátis. Até 3 de agosto.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s