Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Doria anuncia abertura de um centro cultural na Avenida Paulista

De acordo com o governador, o espaço será "uma área de convergência interativa entre arte, criatividade e tecnologia"

Por Redação VEJA São Paulo 24 nov 2019, 13h57

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou a abertura de um novo museu e centro cultural na Avenida Paulista. A iniciativa é uma parceria do governo com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) e o Sesi.

“Anunciamos hoje a implementação de um novo espaço de inovação, ciência e cultura em São Paulo”, escreveu Doria em suas redes sociais. “Em parceria com o SESI e a CNI, faremos na Avenida Paulista uma área de convergência interativa entre arte, criatividade e tecnologia, nos moldes do Exploratorium aqui de São Francisco.”

O palacete na Paulista: casarão Joaquim Franco de Mello Tiago Queiroz/Estadão Conteúdo

De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o espaço ficará no Palacete Franco de Mello e deve ser aberto até 2022. O imóvel icônico está localizado no número 1919 da Avenida Paulista. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa, do governo estadual, já havia afirmado em fevereiro que o espaço tem “elevado potencial de uso para atividades culturais e criativas”.

A inspiração do museu é o Exploratorium, de São Francisco, nos Estados Unidos. “É um museu e não é um museu. É um museu porque ele representa uma exposição interativa extraordinária e não é um museu porque ele trata do futuro, mas sempre com uma visão do presente”, afirmou  Doria. Aberto em 1969, o Exploratorium é um “laboratório público de aprendizado que explora o mundo através de ciência, arte e percepção humana”, de acordo com o site da instituição.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade