Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Saiba quais são os melhores pubs de São Paulo

Confira abaixo uma seleção das casas mais bacanas do gênero

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 18 Maio 2019, 19h09 - Publicado em 21 set 2009, 11h48

Clássico dos países britânicos e da Irlanda, o pub, abreviação de public house, é um bar com clássicas características que atravessaram o Atlântico e invadiram a noite paulistana. Conheça neste roteiro quatro opções para se tomar um pint gelado.

O’Malley’s. Com diversos ambientes os frequentadores podem escolher como vão curtir a sua noite. Pode ser na frente do palco, cantando junto com a banda, no balcão ouvindo o som ao longe ou jogando sinuca com os amigos. De qualquer forma, o chope na mão é garantido. A casa tem várias opções, dentre elas o Fuller’s Honey Dew com mel na fórmula.

St. Johns. Situado na Zona Leste, o pub é uma boa opção para quem busca o estilo de bar inglês. Bem-arrumadinho, conta com dois pisos, mesa de sinuca, cadeiras estofadas e palco para shows. A Old Speckled Hen e a stout brasileira Largo do Café, da cervejaria Paulistânia, são boas pedidas para molhar a boca.

Deep Bar 611. Bandeiras de várias nações e paredes coloridas decoram o ambiente que parece um pub. O público escolhe entre sentar em cadeiras tradicionais ou em banquetas altas, mas também vale beber em pé. O copo na mão não pode faltar, podendo ser preenchido pela alemã Weihenstephaner, de trigo. E se bater a fome, peça o choripan, sanduíche recheado com linguiça grelhada na churrasqueira. Ainda, na primeira quinta e na última quarta do mês rolam shows de música irlandesa e de jazz, respectivamente.

The Black Crow. Como um típico pub, o ambiente é inteiramente coberto por madeira, das paredes a bancada, para aconchegar seus frequentadores. Os chopes, como o London Pride, são melhores pedidas do que os drinques da casa. Quando bater a fome, a porção de bolinho de carne frito lembra uma almôndega e é recheado com queijo.

 

Continua após a publicidade
Publicidade