Seis endereços para comer pizza no almoço

Napoli Centrale e La Pizza de Eataly estão na seleção de pizzarias que servem os discos também à luz do dia

A pizza é uma das receitas favoritas dos paulistanos. Mas é tido como um prato de jantar. Para quem quer saborear a pedida também no almoço, selecionamos seis endereços. Confira:

Pizzaria São Pedro: localizada na Mooca, um dos latifúndios paulistanos da pizza abre para o almoço entre 11h e 15h, de terça a sexta. Faz sucesso a tradicional massa fina sobre a qual se assentam várias versões muito semelhantes e com pequenas variações indicadas por números. Das três baianas, a II (R$ 89,00) leva calabresa moída curada, rodelas de tomate e catupiry. Se a intenção for fazer uma boquinha rápida, um balcão ao estilo de boteco recebe os apressados para comer as mesmas pedidas em tamanho míni.

Serafina: a rede que veio de Nova York também serve pizza a qualquer hora do dia! A mais pedida é a tradicional margherita (R$ 45,00), com molho de tomate, mussarela de búfala e folhas de manjericão. As unidades do Serafina abrem às 12h, todos os dias.

napoli centralenapoli centrale

 (/)

Napoli Centrale: a vencedora da categoria bom e barato em Comidinhas de VEJA COMER&BEBER 2016/2017 oferece pizzas individuais para comer com as mãos no balcão ou em uma das mesinhas altas espelhadas no corredor em frente à loja. Além da margherita (R$ 20,00), há somente outras cinco sugestões, todas igualmente ótimas, entre as quais uma que leva calabresa artesanal, cebola-roxa, mussarela de búfala e orégano fresco (R$ 20,00). A pizzaria fecha no domingo, no resto da semana o expediente é das 10h às 20h.

Speranza: aos domingos, a unidade de Moema abre às 12h e segue funcionando até a meia-noite. É a chance de provar os sabores de uma das pizzarias mais tradicionais da cidade, em volta de mesas cobertas por toalhas xadrez, famílias e casais compartilhando os discos de bordas largas. Uma das inclusões recentes, a fonduta (R$ 73,90) combina doses generosas de mussarela e catupiry sob parmesão gratinado.

La Pizza de Eataly: eleita a melhor pizzaria por VEJA COMER&BEBER 2016/2017, o estabelecimento funciona o dia todo e vende em média 400 discos por dia. É preciso esperar o processo de fermentação natural da massa e não se empolgar na quantidade de queijo. Entre as versões mais equilibradas estão a margherita (R$ 42,00) e a salsicciotta (R$ 36,00), de linguiça com cogumelos, mussarela e manjericão.

Dia da Pizza - SperanzaDia da Pizza – Speranza

 (/)

Bráz: a rede, terceira colocada na categoria pizzarias de VEJA COMER&BEBER 2016/2017, tem menu executivo por R$ 39,00 para o almoço nas unidades de Pinheiros, Perdizes e Higienópolis. A casa de Pinheiros abre de terça a sexta, entre 12h e 15h. Em Perdizes e Higienópolis, o almoço é servido somente às sextas, também das 12h às 15h. O cardápio especial dá direito a entrada, prato principal e sobremesa. Dez sabores de pizzas estão entre as opções principais. A caprese para uma pessoa leva os mesmos ingredientes da versão grande: rodelas de tomate-caqui cobertas por fatias de mussarela de búfala, pesto de azeitona preta e manjericão.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s