Imagem Blog

Viajar e Curtir

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Tudo o que é preciso saber antes de embarcar para a viagem dos sonhos
Continua após publicidade

Cinco motivos para ir a Campos do Jordão três meses antes do inverno

A lista inclui de visita a campos de lavanda a passeio de balão

Por Rosana Zakabi Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
29 mar 2018, 15h34

1) A partir deste mês, as temperaturas começam a ficar amenas na região e podem registrar menos de 10 graus. As folhas dos plátanos ficam amareladas, caem e decoram as calçadas, dando um tom de outono europeu à paisagem. A grande vantagem, em relação ao inverno, é que não há muvuca; e os preços estão muito mais baixos – as diárias dos hotéis custam 20% menos, em média; e as refeições nos restaurantes estão 15% mais em conta.

2) Os campos de lavanda  do novo Parque do Pico do Itapeva, inaugurado em setembro de 2017,  florescem justamente no outono. A atração é, na verdade, uma fazenda a 1 800 metros de altitude, que conta ainda com o cultivo de frutas como amoras, blueberries, mirtilos e physalis. No mirante há um café em uma construção que parece um castelo medieval. O parque fica a cerca de 12 quilômetros de Capivari, e o ingresso custa 10 reais (estudantes e idosos pagam meia), mais 20 reais por carro.

3) O passeio de balão de ar quente, que sobrevoa a cidade e a Serra da Mantiqueira, partindo do Parque Tarundu, a 8 quilômetros de Capivari, já está em funcionamento este mês. Há dois tipos: o voo livre, que dura cerca de 1 hora e meia, a uma altura de até 800 metros do chão (650 reais por pessoa; um responsável pelo passeio vai junto); e o voo cativo, em que o balão sobe a uma altura de aproximadamente 50 metros; fica no alto por 3 a 4 minutos; e, depois, desce (90 reais por pessoa).

4) Em meados de março, o Parque Tarundu ganhou uma nova atração: o brinquedo Turbo Insano, tobogã sem água de 110 metros de comprimento no qual o visitante, vestido em um saco protetor, escorrega em alta velocidade. Custa 75 reais por pessoa – só é permitido para adultos e crianças a partir de 7 anos. Ao todo, o local dispõe de mais de quarenta atividades, de tirolesa e arvorismo a paintball, a preços que variam de 15 a 120 reais por visitante.

5) Várias cervejarias começaram a fazer neste início de ano visitas guiadas, com degustação. Uma delas é a Cervejaria Gard, inaugurada há dois meses em uma fazenda do Horto Florestal, a 17 quilômetros do centrinho de Capivari. A Caras de Malte, a 12 quilômetros, existe desde 2017, mas as visitas começaram agora. Tradicional, a Baden Baden iniciou seu tour, com visita à fábrica, há menos de um ano.

Continua após a publicidade

 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.