Imagem Blog

Tudo de Som

Novidades da música, clipes, entrevistas, artistas, listas e shows, por Tomás Novaes.
Continua após publicidade

O que os dados mostram sobre o sucesso de ‘Envolver’, de Anitta

Informações do Spotify mostram que o sucesso mundial foi impulsionado principalmente pelo público nacional - o que não é praxe em outros hits globais

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
15 abr 2022, 13h11

Na última semana, a cantora carioca Anitta entrou para a história após se tornar a primeira brasileira a alcançar primeiro lugar do Top Global do Spotify. Um marco para a música brasileira, mas que traz uma pergunta: o quão global realmente foi o sucesso de Envolver?

+ Alaíde Costa se apresenta no Sesc Bom Retiro na próxima quinta-feira

É notório que as bases de fãs dos artistas contribuem muito para o alcance de marcas de audiência na internet. A novidade que ocorreu no caso do hit da brasileira é mostrada pelos dados do Spotify Charts, analisados pela Folha de S. Paulo, que mostram uma concentração mais acentuada de plays em poucos países, o que não é comum.

Segundo o levantamento, 60% dos plays da faixa vieram só do Brasil, ao contrário da maioria dos outros 74 hits analisados. Os dados mostram também que, no dia em que o recorde foi batido, a música aparecia entre as 200 mais tocadas em só 36% dos países em que o Spotify opera.

Continua após a publicidade

O fenômeno de Envolver mostra a força que os fãs da cantora têm, mas também levantou polêmicas. No dia 14 de março, a conta de Anitta no Twitter compartilhou um passo-a-passo de como criar múltiplas contas e criar playlists que tocam a música por horas. O site Rest of World publicou uma reportagem em que identificou mais de 100 playlists do tipo.

Uso de bots e de redes VPN também estão entre os métodos que podem ter sido utilizados, mas o veredito se houve manipulação no recorde de Anitta só pode ser dado pelo próprio Spotify, que sempre realiza uma avaliação das músicas que chegam ao topo das suas paradas. Se for considerado injusto, pode render multa para a artista.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 12,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.