Imagem Blog

O Sexo e A Cidade Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Histórias, novidades e estratégias dos empresários do mercado erótico em São Paulo
Continua após publicidade

Sex shop oferece álcool em gel de brinde em compras

Dono da Loja do Prazer também percebeu um aumento de 40% nas vendas de masturbadores e vibradores durante a quarentena

Por Ana Carolina Soares
Atualizado em 24 mar 2020, 19h44 - Publicado em 24 mar 2020, 19h25

A promoção começou a valer nesta terça (24): “Nas compras acima de 99 reais, ganhe um álcool em gel”, anuncia a Loja do Prazer, a maior sex shop online da América Latina. “Precisava incrementar as vendas que despencaram 50% durante o período da quarentena. Só não caiu mais porque houve um aumento expressivo nos pedidos de outros produtos”, diz Fabio Alves Moreira, 43, o dono do negócio.

Se antes os itens mais clicados na loja eram as lingeries e os cosméticos sensuais (como os lubrificantes), após a chegada do coronavírus o destaque migrou para os limpadores de sex toys. “São bactericidas e a procura por eles aumentou 1 000%”, diz Fabio. Outro destaque, os masturbadores e vibradores, que tiveram um aumento de 40% na demanda. “Acho que por causa do isolamento, os solteiros estão recorrendo aos brinquedos para se distrair”, acredita.

A ideia de promoção surgiu depois de uma conversa com uma amiga do empresário, Fernanda Prado, dona da Harmony, fábrica de cosméticos sensuais. “Ela disse que a demanda por lubrificantes diminuiu bastante e, para não fechar a empresa, começou a fabricar álcool em gel. Fizemos então uma parceria”, conta.

Moreira até cogitou vender o “ouro dos tempos da quarentena” no site da loja, mas desistiu. “Certamente, haveria um espertinho que compraria centenas de unidades e ainda ia reclamar esse direito, citando o código de defesa do consumidor.” Mais de 2 000 frascos de 38ml cada já chegaram ao estoque da loja, que se mudou do Jabaquara para Salto, em janeiro. “O interior é mais barato e com mais acessos a estradas.”

Continua após a publicidade

No início do ano, o empresário comprou a loja virtual de Daniel Passos, que criou a marca em 1999. Moreira era consumidor do site e se tornou amigo de Passos em uma feira do mercado erótico há quase dez anos. “Ele estava cansado, queria vender o negócio e, como investidor, achei uma excelente oportunidade”, diz o novo proprietário. Em tempo: antes, Moreira era dono de uma loja de brinquedos. “Sigo no mundo da diversão”, brinca.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.