Imagem Blog

São Paulo nas Alturas

Por Raul Juste Lores Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Redator-chefe de Veja São Paulo, é autor do livro "São Paulo nas Alturas", sobre a Pauliceia dos anos 50. Ex-correspondente em Pequim, Nova York, Washington e Buenos Aires, escreve sobre urbanismo e arquitetura
Continua após publicidade

Projeto prevê renovação de espaços públicos com novo mobiliário urbano

Ideias que beneficiariam a população levam assinatura do Estúdio Módulo

Por Raul Juste Lores Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 jun 2018, 18h02 - Publicado em 29 jun 2018, 06h00

O paulistano tem desfrutado cada vez mais momentos de diversão e descanso na rua. Não é só na Avenida Paulista, aberta aos domingos, na notívaga Praça Roosevelt ou no gradativo uso do Minhocão por pedestres.

Quem está entre a adolescência e os 30 anos mal vê TV à noite, e lota mesinhas espalhadas por calçadas em botecos de toda a cidade. Com aplicativos de relacionamento, trintões a sessentões passaram a marcar encontros românticos em qualquer dia da semana. Multidões de candidatos a blogueiros fitness, corredores e crossfiteiros se exercitam ao ar livre.

De primeira necessidade: os banheiros públicos, ainda tão escassos, teriam totens de informação a pedestres (Estúdio Módulo/Veja SP)

O varejo já captou a mudança: pequenos supermercados, no térreo de edifícios e sem vagas de garagem, têm se espalhado. Esses novos andarilhos, porém, ainda deparam com o patinho feio do urbanismo paulistano, a calçada, que nunca recebeu verbas como viadutos, pontes ou ciclovias.

Lixeiras espertas: a proposta tenta diminuir o histórico vexame paulistano na reciclagem do lixo (Estúdio Módulo/Veja SP)

O Estúdio Módulo, um coletivo de arquitetos liderado por Marcus Vinicius Damon e Guilherme Bravin, ganhou em 2016 um concurso de ideias da prefeitura para bolar um novo mobiliário urbano. Lixeiras, pontos de ônibus, banheiros públicos, quiosques e uma boa variedade de bancos com encosto.

Para ver a vida passar: escadarias em Pinheiros, no Bixiga e no Mirante 9 de Julho ganhariam bancos nos degraus (Estúdio Módulo/Veja SP)

Como é habitual por aqui, os vencedores ainda não viram seu projeto premiado sair do papel. Um crescente e ativo público aproveitaria as novidades.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.