Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Casal é expulso de museu após pedido de casamento incomum

"Ela começou a chorar imediatamente ao perceber que a cena do quadro estava prestes a acontecer", contou o noivo após a repercussão da história

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 17 out 2017, 18h44 - Publicado em 17 out 2017, 18h22

O que você faria por amor? O designer gráfico Chris Narine escolheu ser “expulso” do Metropolitan Museum of Art, um dos mais conceituados museus de Nova York, nos Estados Unidos, para fazer o pedido de casamento “perfeito” para Marybeth O’Haire, sua namorada há cinco anos. Agora, a história do casal está chamando atenção na internet.

Apesar de inesperado, o pedido de Chris foi bastante organizado: nas semanas antes do grande momento, o noivo pediu para a mãe e irmã de Marybeth comprarem um vestido vermelho com bolinhas brancas. Enquanto isso, o rapaz trabalhava na sua “obra-prima”: um quadro pequeno mostrando o que aconteceria no dia.

A pintura retrata o jovem ajoelhado segurando uma caixinha com o anel de noivado. Na ilustração, a mulher aparece usando a peça adquirida pela família, com as mãos na boca, mostrando surpresa.

Chris acreditou que a cena aconteceria exatamente assim quando o casal foi passar o dia no museu em setembro — e ele estava certo. Seu irmão e cunhada acompanharam os pombinhos e, quando Marybeth não estava olhando, eles penduraram o quadro do noivo na parede ao lado de “O Sonhador”, obra de 1932 de Pablo Picasso, uma das favoritas da noiva. “Ela começou a chorar imediatamente ao perceber que a cena do quadro estava prestes a acontecer“, contou o rapaz, orgulhoso. A mulher, é claro, aceitou o pedido.

Continua após a publicidade

Felizmente, eu a conheço bem e eu tinha a impressão de que ela reagiria assim. A pintura mostra uma pose bastante genérica, para ser honesto. A maioria das mulheres nesta situação (as que são choronas) fariam a mesma coisa, cobririam o rosto com as mãos como ela fez“, Chris escreveu no reddit sobre o quadro. A prima de Marybeth, Kelly Joyce, também estava no local e conseguiu registrar o momento especial para os noivos.

Continua após a publicidade

O único problema? Os seguranças do Metropolitan flagraram o pedido de casamento. O segurança caminhou até os noivos, pediu para que eles removessem o quadro da parede e convidou o casal a se retirar do museu. “Não é nem necessário dizer, mas o Metropolitan não ficou nada feliz com a pintura que foi colocada na parede momentaneamente, então nós saímos de lá rapidamente“, contou Kelly em seu Facebook. A noiva, no entanto, não se importou com o problema: “Eu acabei de ficar noiva do homem dos meus sonhos na frente de um Picasso! Isso realmente aconteceu?“. Confira: 

Dê sua opinião: E você, o que achou da ideia inusitada do noivo? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.