Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Jovem faz vídeo zombando de entregador de app e perde título de “miss”

Organização do concurso Miss Mato Grosso disse que vai notificar jovem sobre decisão

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 5 fev 2020, 13h41 - Publicado em 26 out 2019, 16h48

Bruna Reis Figueiredo, jovem que foi eleita miss da cidade de Campo Novo do Parecis, Mato Grosso, perdeu seu título neste sábado (26). A moça de 21 anos postou em suas redes sociais um vídeo em que zombava de um entregador de comida de aplicativo. Após a publicação viralizar nas redes sociais a jovem foi alvo de duras críticas, e a repercussão chegou ao concurso Miss Mato Grosso.

“A organização repudia qualquer discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa”, diz o comunicado, divulgado nas redes sociais.

“Não acredito, hein? A, gente, não é desmerecendo o trabalho do menino, mas é aí que você vê porque sua comida chega atrasada. A pessoa, além de estar de bicicleta, está em marcha lenta, cara, não tá conseguindo subir a ladeira”, disse Bruna no vídeo, enquanto ria da situação.

A moça publicou um pedido de desculpas. “Aquela brincadeira que em um minuto de desliza fazemos (sim, todos fazemos) e que infelizmente tem um peso atormentador”, disse.

Não foi, no entanto, suficiente para a organização do concurso, que disse que notificará Bruna sobre a decisão na segunda-feira (28). “Bruna feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss”, diz o comunicado.

Continua após a publicidade

+ OUÇA O PODCAST Cozinha do Lorençato

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade