Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Madonna revela a revista que foi estuprada ao chegar em Nova York, nos anos 80

Uma entrevista de Madonna à revista Harper’s Bazaar está dando o que falar. O ensaio fotográfico, clicado pelo respeitado Tony Richardson, chama atenção. Mas, principalmente, são as declarações da cantora que provocam reações de espanto. Na conversa, ela relembra as dificuldades que enfrentou ao chegar a Nova York, ainda muito jovem. “Nova York não era […]

Por Tiago Faria Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 27 fev 2017, 00h00 - Publicado em 5 out 2013, 11h09

Uma entrevista de Madonna à revista Harper’s Bazaar está dando o que falar. O ensaio fotográfico, clicado pelo respeitado Tony Richardson, chama atenção. Mas, principalmente, são as declarações da cantora que provocam reações de espanto. Na conversa, ela relembra as dificuldades que enfrentou ao chegar a Nova York, ainda muito jovem.

“Nova York não era tudo o que eu pensei que seria. Ela não me recebeu de braços abertos. No primeiro ano, eu fui atacada a mão armada. Fui estuprada no telhado de um prédio, fui arrastada com uma faca em mim. Tive o meu apartamento arrombado por três vezes e não sei o motivo, eu não tinha nada de valor depois que levaram o meu rádio na primeira vez”, disse a cantora de 55 anos.

Continua após a publicidade

Além disso, ela lembra que precisou posar nua como modelo em aulas de arte para, na época, ganhar dinheiro: “Eu estava tentando ser uma dançarina profissional, pagava meu aluguel ao posar nua nas aulas de arte. Via as pessoas olhando para mim, desafiava-as a pensar em mim como nada além de uma forma que eles estavam tentando capturar com seus lápis e carvão. Eu era desafiadora. Teimava em sobreviver. Mas era difícil, estava sozinha, e tive que me atrever a cada para continuar”.

Madonna também desabafou sobre o quão penoso foi o processo de adoção de David Banda, a primeira criança que acolheu. “Eu não sabia que a tentativa de adotar uma criança ia me colocar no meio de outra tempestade. Fui acusada de sequestro, tráfico de crianças, usar o meu papel de celebridade para passar à frente na fila, subornar funcionários do governo, feitiçaria, ou seja lá como queira chamar isso”.

Clique aqui para ir ao site da revista. E aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.