Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Após assumir namoro, Fátima Bernardes é surpreendida por elogio

No "Encontro" desta quinta (9), Preta Gil também falou dos preconceito que sofre na internet: "Os comentários nas minhas redes sociais são uma loucura"

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 9 nov 2017, 12h54 - Publicado em 9 nov 2017, 12h49

Após assumir o namoro com o advogado Túlio Gadelha, Fátima Bernardes ganhou elogios do apresentador Lair Ribeiro ao vivo durante o Encontro desta quinta (9). A dupla conversava com Preta Gentil e outros convidados sobre gentilezas no dia a dia quando ele aproveitou a oportunidade e surpreendeu a apresentadora.

Elogiar alguém publicamente também é bom. Fátima, que fase você está!“, disse o apresentador, levando a plateia do Encontro à loucura. Preta Gil, então, gritou: “Linda!“. Envergonhada, a apresentadora agradeceu aos elogios e retribuiu a homenagem de Lair: “Lair também está em uma fase ótima, estreou no teatro!“, disse — clique aqui para assistir ao momento. O comentário, inclusive, chamou atenção nas redes sociais. Confira a repercussão: 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

No Encontro, Preta Gil também falou dos preconceito que sofre nas redes sociais. “Os comentários nas minhas redes sociais são uma loucura. Me chamam de gorda, rolha de poço, dizem que preciso emagrecer. A pessoa tem que ter muita coragem para entrar nas redes e ofender desse jeito. Não me ofendo mais, me acho linda e maravilho!“, afirmou a cantora.

Ela também revelou que já sofreu ataques racistas na internet e que, na época, procurou a polícia. Disse também que sua adolescência não foi fácil, especialmente após a morte do irmão, Pedro, aos 19 anos de idade em um acidente de carro: “No sofrimento você não enxerga nada de positivo com aquela dor, que pode te paralisar. Meu irmão quando morreu eu tinha 15 anos e me deu uma energia para querer correr atrás de uma vida. Depois com 16 fui morar em São Paulo para trabalhar em agência de publicidade. Deixei de cantar, estudar teatro, mas precisava ocupar a cabeça“, disse.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou do elogio no Encontro? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.