Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Casal afirma que tênis infantil com luzes provocou incêndio no carro da família

Popular nos anos 1990, os famosos tênis com luzinhas faziam (e ainda fazem) sucesso com a criançada. Talvez sua opinião sobre eles mude após conhecer esta história. Um casal da cidade de Katy, no Texas, Estados Unidos, acusa o fabricante do calçado do seu filho de provocar um incêndio no banco traseiro do carro da família. De acordo com […]

Por Tatiane Rosset
Atualizado em 26 fev 2017, 11h59 - Publicado em 13 Maio 2016, 19h42

ABRE01

Popular nos anos 1990, os famosos tênis com luzinhas faziam (e ainda fazem) sucesso com a criançada. Talvez sua opinião sobre eles mude após conhecer esta história. Um casal da cidade de Katy, no Texas, Estados Unidos, acusa o fabricante do calçado do seu filho de provocar um incêndio no banco traseiro do carro da família. De acordo com uma reportagem local, o casal descobriu o acidente no sábado (7) de manhã.

+ Klara Castanho é comparada a Paolla Oliveira em fotos no Instagram
+ Chris Hemnsworth prepara bolo especial para o aniversário da filha

Jovan Virag e seu marido, Attila, não entenderam o que tinha acontecido: apenas roupas e sapatos estavam no banco de trás da SUV, inclusive o tênis temático do garotinho. Somente ao encontrar o acessório, os pais perceberam que um dos pés estava completamente queimado, com as baterias e os fios expostos. 

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Dean Hensley, a causa do incêndio ainda está sob investigação — no entanto, foi confirmado a um noticiário local que o tênis pode ter provocado o acidente. O calçado do garotinho possui baterias de lítio, um tipo muito comum e encontrado em diversos itens do dia a dia. Assista à reportagem: 

Continua após a publicidade

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=g4y99KnXl5A?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Os tênis foram produzidos pela marca americana Payless. A empresa afirma que os calçados foram retirados das prateleiras após o acidente: “Segurança é sempre uma prioridade na Payless e nós estamos levando essa acusação muito a sério“, disse Meghan Spreer ao BuzzFeed. “Até que uma investigação possa validar a acusação feita pelo consumidor, este sapato específico não estará à venda na Payless“, concluiu.

02

Outros consumidores que compraram o sapato também podem devolvê-lo em qualquer loja, afirmou a empresa. Já a família Virag jura que jamais comprará este tipo de tênis novamente: “Estou grata porque meu filho não estava usando os sapatos quando isso aconteceu. Eu não sei se ele consegue falar que seu pé está ficando quente, e não acho que ele conseguiria tirá-lo sozinho“, conclui a mãe.

Continua após a publicidade

Eu não acho que isso aconteceu com outras pessoas. Estou apenas aliviada que aconteceu no meu carro. Pelo menos ele pode ser arrumado“, terminou de desabafar Jovan.

05

04

03

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, já sofreu alguma experiência semelhante? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.