Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Poder SP - Por Sérgio Quintella Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015

Vicente Viscome, primeiro vereador cassado, morre em São Paulo

Empresário morava na Mooca e tentou retornar à política depois que foi preso

Por Sérgio Quintella Atualizado em 18 nov 2021, 10h46 - Publicado em 18 nov 2021, 10h32

O empresário e ex-vereador Vicente Viscome, 79, faleceu às 6h desta quinta-feira (18), no Hospital Israelita Albert Einstein. O velório ocorrerá a partir das 13h no Cemitério da Quarta Parada, no Belenzinho. O enterro está previsto para as 17h. As causas do óbito ainda não foram informadas. A informação da morte foi confirmada por uma funcionária de sua loja de cerâmica, a Viscome Pisos, que não quis se identificar.

Primeiro vereador cassado na história de São Paulo, em 1999, Vicente foi condenado no ano seguinte a dezesseis anos de cadeia, por formação de quadrilha. O caso ficou conhecido como a “máfia da propina” e ocorria na Administração Regional da Penha (atual subprefeitura). Entre os delitos, cometidos por cerca de quinze pessoas, estavam extorsão de camelôs e pedidos de pagamentos para a liberação de alvarás.

Solto sete anos depois de ficar no regime fechado, ele teve a pena extinta e tentou diversas vezes retornar à Câmara Municipal, sem sucesso.

No ano passado, em meados de julho, começaram a surgir plaquinhas fixadas em fachadas de pequenos sobrados da Mooca, seu reduto, afirmando que o morador dali o apoiara. Aquela seria  sua terceira tentativa de retorno ao Palácio Anchieta. Nas duas anteriores (2008 e 2012), recebeu ao todo pífios 10 000 votos. Procurado na época, Viscome, que foi capa da Vejinha há 21 anos, chegou a marcar uma entrevista, mas sua secretária, que o chamava de vereador e atendeu a ligação no celular do chefe, afirmou que ele precisou ir às pressas para sua fazenda, no interior, para cuidar de um problema elétrico.

Logo depois Vicente desistiu da candidatura.

Capa - Máfia dos Fiscais - 1999
Capa – Máfia dos Fiscais – 1999 Veja São Paulo/Veja SP

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Primeiro vereador cassado na história de São Paulo, em 1999, o empresário Vicente Viscome, condenado por formação de quadrilha no ano seguinte a dezesseis anos de cadeia (foi solto depois de cumprir sete), quer mais uma vez voltar à Câmara. Nos últimos dias, começaram a surgir plaquinhas fixadas em fachadas de pequenos sobrados da Mooca, seu reduto, afirmando que o morador dali o apoia. Esta é sua terceira tentativa de retorno ao Palácio Anchieta. Nas duas anteriores (2008 e 2012), recebeu ao todo pífios 10 000 votos. Procurado, Viscome, que foi capa da Vejinha há 21 anos, chegou a marcar uma entrevista, mas sua secretária, que o chama de vereador e atendeu a ligação no celular do chefe, afirmou que ele precisou ir às pressas para sua fazenda, no interior, para cuidar de um problema elétrico.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)