Imagem Blog

Poder SP - Por Sérgio Quintella

Sérgio Quintella é repórter de cidades e trabalha na Vejinha desde 2015
Continua após publicidade

Homem amarrado a moto da PM é condenado por tráfico de drogas

Documentos exclusivos mostram como processo contra o cabo Jocélio Almeida de Souza encaminha para uma absolvição por tortura e constrangimento ilegal

Por Sérgio Quintella Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 30 mar 2022, 10h56 - Publicado em 30 mar 2022, 10h07

O juiz José Paulo Camargo Magano, da 11° Vara Criminal de São Paulo, condenou a dois anos e dois meses de prisão, por tráfico de drogas e direção sem habilitação, o desempregado Jhonny Ítalo da Silva, 18, que foi algemado, arrastado e puxado por uma moto em movimento dirigida pelo policial militar Jocélio Almeida de Sousa, 35, em novembro do ano passado. O caso ocorreu na Avenida Professor Luis Ignácio de Anhaia Mello, na Vila Prudente, e a imagem percorreu o mundo.

Na ocasião, Jhonny dirigia uma motocicletas e fugiu assim que viu uma blitz policial. Os agentes correram e o rapaz, que transportava onze tijolos de maconha em uma mochila, bateu em uma ambulância. Nesse momento ele foi capturado e arrastado por cerca de trezentos metros.

+ Ator Alain Delon fará eutanásia e inicia despedida com texto aos fãs

No despacho, o magistrado não citou os fatos ocorridos após a detenção. “Em revista pessoal, no denunciado, nada de ilícito fora encontrado, contudo, ao verificarem a “bag” dispensada por aquele, os policiais localizaram 11 (onze) tabletes de maconha. Inquirido no local afirmou, ainda, que estava a caminho do bairro Rodolfo Pirani, onde entregaria a referida droga e receberia R$150,00 (cento e cinquenta reais) pelo transporte dos entorpecentes. Por fim, constataram, também, que o denunciado não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Dada a voz de prisão em flagrante delito, o denunciado foi conduzido ao Distrito Policial, onde, formalmente interrogado, permaneceu em silêncio”.

Pelo transporte da droga, Jhonny foi sentenciado a uma pena de 1 ano e 8 meses de prisão; por dirigir sem habilitação foi condenado a mais seis meses. Ambas as punições serão em regime aberto. Ele deixou a cadeia na última quinta-feira (24), mas deverá comparecer em juízo mensalmente, enquanto durar a pena.

Continua após a publicidade

+ Em nova fase, Butantan terá fábrica de R$ 300 milhões e Parque da Ciência

Fora esse processo, Jhonny responde a outro, também por tráfico de drogas. O caso não foi julgado.

Enquanto o réu foi condenado pelos seus crimes, o caso do policial pode encaminhar para o sentido oposto. Um relatório assinado pelo capitão da PM Rodolfo Monteiro de Oliveira, ao qual Vejinha teve acesso com exclusividade, aponta que não há indícios de crimes cometidos pelo cabo Jocélio Almeida de Sousa, como constrangimento ilegal e abuso de autoridade. Em seu depoimento, o cabo se manteve em silêncio. Para o oficial, houve apenas erros de procedimentos.

Veja abaixo a conclusão do relatório que será apreciado pela Justiça Militar.

Continua após a publicidade
Imagem mostra documento que mostra depoimentos de policial e acusado de tráfico de drogas
(Polícia Militar/Reprodução)
Imagem mostra documento que mostra depoimentos de policial e acusado de tráfico de drogas
(Polícia Militar/Reprodução)
Imagem mostra documento que mostra depoimentos de policial e acusado de tráfico de drogas
(Polícia Militar/Reprodução)

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.