Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha desde 2014. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Arancino Bar é um boteco que homenageia o bolinho de arroz italiano

O espaço tem entre os sócios donos do restaurante Cozinha dos Ferrari. Leia a crítica

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 14 abr 2023, 14h44 - Publicado em 14 abr 2023, 06h00

Não é de hoje que a cidade ganha estabelecimentos que giram em torno de um prato só. No caso do Arancino Bar, a receita homenageada é o bolinho de arroz nascido na Sicília (arancino ou, no plural, arancini).

Aqui, o salgado na forma de laranja é bem tratado e aparece em quatro variações (R$ 16,00 cada uma). Se sai muito bem a de risoto de tomate recheado de queijo taleggio, servido sobre sugo com um pouco de molho de salsa e outros temperos. A versão de abóbora com gorgonzola perde a competição com o purê da hortaliça servido embaixo da bolota e que domina no sabor. Compõem o quarteto de arancini o cacio e pepe, com bochecha de porco e maionese ao tomilho e mostarda, e o de camarão junto de creme de milho.

Ambiente com chão vinho, mesas de madeira e ferro e cadeiras marfinite
O ambiente: sem firulas (Ligia Skowronski/Veja SP)

Mas nem só de arroz vive o bar. Há uma curta seleção de sanduíches e petiscos sem o grão, entre eles a fatia de pão de azeite sob polvo macio e tomatinhos confitados (R$ 36,00). Com tanta cobertura, comer se torna uma tarefa que requer habilidade, ainda que das mais saborosas.

A lista de bebidas também é resumida, com alguns vinhos e cervejas (Corona por R$ 14,00 a long neck) mais uma seleção de drinques. O tom collins (R$ 30,00), que poderia ser um tiquinho mais gaseificado, ajuda a refrescar. Com jeito de boteco italianado, a casa tem entre os sócios o casal Mauro Ferrari e Daniela Abrahão, da Cozinha dos Ferrari.

O ambiente, sem charme, não tem a atmosfera cantineira da casa irmã, mas estão ali cadeiras de plástico com metal e canequinhas fazendo as vezes de porta-guardanapo sobre as mesas, que dão um clima desencanado. Funcionários sem cerimônia completam o combo.

Continua após a publicidade

Avaliação: BOM (✪✪✪)

Arancino Bar
Rua Itabaiana, 210, Mooca, telefone e WhatsApp 96434-6809 (40 lugares)
Das 18h até 22h30 (sábado a partir das 14h; domingo das 13h até 19h30; fecha segunda a quarta)
@arancino.bar
Aberto em 2023

Veja o cardápio:

a

 

 

 

 

 

Publicado em VEJA São Paulo de 19 de abril de 2023, edição nº 2837

Continua após a publicidade
Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.