Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming

É Tudo Verdade 2022: festival de documentários acontece de forma híbrida

Tradicional evento realiza sua 27ª edição até o dia 10 de abril

Por Barbara Demerov Atualizado em 31 mar 2022, 19h42 - Publicado em 31 mar 2022, 19h41

Tradicional festival que acontece em São Paulo e Rio de Janeiro, o É Tudo Verdade 2022 se inicia hoje, de forma híbrida, até o dia 10 de abril em quatro salas em São Paulo e em duas salas no Rio de Janeiro. A versão on-line também será realizada até o próximo dia 10 nas plataformas É Tudo Verdade Play, Itaú Cultural Play e Sesc Digital.

+Bruce Willis: relembre seus filmes após anúncio de pausa na carreira

Ao todo, o festival exibirá 77 produções entre longas, médias e curtas, inéditas no país, retrospectivas e clássicos. São filmes de 34 países. Além disso, o evento também conta com debates, conferências, master class, entre outras atividades. Informações detalhadas no final do release.

Os filmes vencedores dos prêmios dos júris nas Competições Brasileiras e Internacionais de Longas/Médias-Metragens e de curtas-metragens estarão automaticamente classificados para apreciação à disputa pelo Oscar do ano que vem. A cerimônia de premiação acontece às 18h, do domingo,  10 de abril, no Espaço Itaú de Cinema Augusta.

Confira a programação e mais detalhes:

FILMES EM COMPETIÇÃO

LONGAS METRAGENS BRASILEIROS

Sete produções nacionais serão exibidas em sessões presenciais (SP e RJ), às 20h, e, na plataforma É Tudo Verdade Play. No dia da segunda exibição on-line, as equipes do filmes participam de um debate, às 15h, transmitido pelo YouTube do É Tudo Verdade.

Adeus, Capitão – Estreia Mundial
Direção: Vincent Carelli e Tita
Brasil, 175’, 2022
05/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
05/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
05/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
06/04 – 12h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
06/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: O “capitão” Krohokrenhum, líder do povo indígena Gavião (PA), que morreu em 2016, conta para suas filhas e netas as guerras internas entre grupos de seu povo até a transferência dos sobreviventes para a gleba Mãe Maria.

Belchior – Apenas um Coração Selvagem – Estreia Mundial
Brasil, 90’, 2022
Direção: Camilo Cavalcanti e Natália Dias
07/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
07/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
07/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
08/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
08/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: Antonio Carlos Belchior Fontenelle Fernandes (1946-2017) é revelado em um autorretrato que mergulha no coração selvagem do poeta, cantor e compositor de Sobral (CE).

Eneida
Direção: Heloisa Passos
Brasil, Alemanha, 79’, 2022
08/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
08/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
08/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
09/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
09/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: Eneida, 83 anos, com ajuda de sua filha do meio, a cineasta Heloisa Passos, busca a filha primogênita, que não vê há mais de duas décadas.

Pele
Direção: Marcos Pimentel
Brasil, 75’, 2021
04/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
04/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
04/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
05/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
05/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: Grafites, pichações, símbolos indecifráveis, palavras de ordem e declarações de amor revelam desejos, medos, fantasias e devaneios.

Quando Falta O Ar
Direção: Ana Petta, Helena Petta
Brasil, 81’, 2021
03/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
03/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
03/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
04/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
04/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: O documentário aborda a pandemia com foco no cuidado, revelando a face humana da luta coletiva contra a Covid-19.

Rubens Gerchman: O Rei do Mau Gosto – Estreia Mundial
Direção: Pedro Rossi
Brasil, 77’, 2022
06/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
06/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
06/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
07/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
07/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: O documentário retrata Rubens Gerchman (1942-2008) e sua arte que, com cenas urbanas e do cotidiano, fazem da precariedade brasileira um valor.

Sinfonia de Um Homem Comum – Estreia Mundial
Direção: José Joffily
Brasil, 86’, 2022
02/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Augusta (SP)
02/04 – 20h: Espaço Itaú de Cinema Botafogo (RJ)
02/04 – 21h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1800 Visionamentos
03/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 200 Visionamentos
03/04 – 15h: Debate com equipe do filme no canal do É Tudo Verdade no Youtube
Sinopse: O tema do documentário é a trajetória de José Bustani, o primeiro diretorgeral da Organização de Proibição de Armas Químicas, e passou a sofrer pressão dos EUA para se demitir depois do 11 de Setembro.

LONGAS E MÉDIAS-METRAGENS INTERNACIONAIS – Plataforma digital

Assassinos Sem Punição (Getting Away With Murder(s))
Direção: David Nicholas Wilkinson
Reino Unido, 175’, 2021
04/04 – 19h – É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Os Aliados concordaram em processar todos os responsáveis pelo
Holocausto quando elaboraram o Acordo de Londres, em 1945. Mas, depois do fim da década de 1940, esses mesmos Aliados não fizeram quase nada. Por quê?

Batata (Batata)
Direção: Noura Kevorkian
Líbano, Canadá, Catar, 126’, 2021
05/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Um filme incomum que abrange dez anos da vida de uma mulher
muçulmana síria determinada, presa num campo de refugiados no Líbano e impedida de voltar para casa.

Os Caras do Estreito (The Strait Guys) – Estreia Mundial
Direção: Rick Minnich
Alemanha, Finlândia, Canadá, 100’, 2022
02/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Um rabugento engenheiro de minas tcheco e seu pupilo tagarela juntam forças com visionários russos para ousar o impossível: ligar os Estados Unidos à Rússia por um túnel de cem quilômetros sob o estreito de Bering.

Cesária Évora
Direção: Ana Sofia Fonseca
Portugal, 95’, 2022
06/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Imagens inéditas, insights, lutas e o sucesso na vida da cantora caboverdiana Cesária Évora (1941-2011).

O Filme da Sacada (Film Balkonowy/The Balcony Movie)
Direção: Pawel Lozinski
Polônia, 100’, 2021
03/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Construídas a partir de conversas do diretor com transeuntes que passam pela rua sob a sacada de seu apartamento em Varsóvia, as histórias do filme são singulares e tratam dos modos como lidamos com a vida na condição de indivíduos.

Kurt Vonnegut: Desprendido no Tempo (Kurt Vonnegut: Unstuck in Time)
Direção: Robert B. Weide, Don Argott
EUA, 126’, 2021
04/04 – 17h – É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: O filme reconta a vida extraordinária do escritor Kurt Vonnegut e sua amizade de 25 anos com o cineasta que se dispôs a documentá-la.

O Processo – Praga 1952 (Le Procès – Prague 1952/The Trial)
Direção: Ruth Zylberman
França, 70’, 2021
07/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Em 2018, foram encontradas imagens filmadas de um processo, no qual, catorze dignitários comunistas foram acusados de crimes imaginários e tiveram que fazer uma confissão pública de culpa em um julgamento encenado, em 1952.

Retratos do Futuro (Retratos del Futuro/Portraits of the future)
Direção: Virna Molina
Argentina, 88’, 2021
03/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Antes da pandemia, a cineasta Virna Molina fazia um filme sobre a
resistência das representantes das trabalhadoras do metrô de Buenos Aires, com a Covid-19, porém, o futuro distópico do qual o filme tratava se transformou em presente.

Riotsville, EUA (Riotsville, U.S.A.)
Direção: Sierra Pettengill
EUA, 91’, 2022
06/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Usando apenas imagens de arquivo, o filme explora a militarização da polícia norte-americana, e cria uma contra narrativa sobre a reação do país aos levantes do final dos anos 1960.

Tantura (Tantura)
Direção: Alon Schwarz
Israel, 95’, 2022
07/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: No fim dos anos 1990, Teddy Katz conduziu uma pesquisa sobre o massacre em larga escala que teria ocorrido na aldeia de Tantura em 1948. Esse trabalho mais tarde foi contestado e a reputação de Katz, arruinada.

Ultravioleta e as Gangues Cuspidoras de Sangue (Ultraviolette et le Gang desCracheuses de Sang/ Ultraviolette and the Blood-Spitters gang)
Direção: Robin Hunzinger
França, 74’, 2021
05/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Uma adolescente desafia a escola, a doença, os médicos e a morte, e abraça todo mundo que encontra, e lidera uma gangue de garotas que também estão doentes, “As Cuspidoras de Sangue”.

Navalny (Navalny)
Direção: Daniel Roher
EUA, 98’, 2022
02/04 – 19h : É Tudo Verdade Play – Limite de 1000 Visionamentos
Sinopse: Um “thriller” documental sobre como um dos líderes da oposição russa ao regime autoritário de Vladimir Putin sobreviveu a uma tentativa de assassinato por envenenamento em 2020, identificou os responsáveis pelo atentado e apesar de tudo retornou à Rússia para prosseguir em sua militância democrática.

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS

CURTAS BR1
02/04 – 16h – Instituto Moreira Salles (RJ)
02/04 – 17h30 – Instituto Moreira Salles (SP)

Solmatalua – Estreia Mundial
Direção: Rodrigo Ribeiro-Andrade
Brasil, 15’, 2022
Sinopse: Com uma constelação de vozes e presenças negras, SOLMATALUA percorre um vertiginoso itinerário entre territórios ancestrais e contemporâneos.

Alágbedé
Direção: Safira Moreira
Brasil, 12’, 2021
Sinopse: Do ferro-velho ao terreiro, Zé Diabo forja deuses em sua oficina, seguindo o caminho de Ogum.

Quem de Direito
Direção: Ana Galizia
Brasil, 21’, 2022
Sinopse: A organização popular pelo acesso à terra marca o território do vale do Guapiaçu, em Cachoeiras de Macacu (RJ). As mobilizações recentes contra um projeto de barragem colocam a água, também, como elemento de disputa.

Meio Ano-Luz
Direção: Leonardo Mouramateus
Brasil, Portugal, 19’, 2021
Sinopse: Um rapaz senta-se numa rua movimentada de Lisboa para desenhar as pessoas que passam. Não muito longe dali, um casal conversa sobre a origem de uma carteira encontrada meses antes.

Carta Para Glauber – Estreia Mundial
Direção: Gregory Baltz
Brasil, 12’, 2022
Sinopse: Em 1964, dias após o golpe militar, Gustavo Dahl, cineasta e pensador do cinema brasileiro, escreve uma carta para o amigo Glauber Rocha, que estava em Cannes apresentando seu filme Deus e o Diabo na Terra do Sol.

CURTAS BR 2
03/04 – 16h – Instituto Moreira Salles (RJ)
03/04 – 17h30 – Instituto Moreira Salles (SP)

Tekoha – Estreia Mundial
Direção: Carlos Adriano
Brasil, 13’, 2022
Sinopse: No dia 6 de setembro de 2021, seguranças particulares queimaram uma casa Guarani Kaiowá no Tekoha Ava’te, na Reserva de Dourados (MS). A ação foi registrada em vídeo, pelo povo Guarani Kaiowá.

Cantos de Um Livro Sagrado
Direção: Cesar Gananian, Cassiana Der Haroutiounian
Brasil, Armênia, 25’, 2021
Sinopse: Com a chamada Revolução de Veludo Armênia de 2018 como cenário, o filme recria, em cinco cantos a sinergia que gera as revoluções.

A Ordem Reina – Estreia Mundial
Direção: Fernanda Pessoa
Brasil, 19’, 2022
Limelight Media
Sinopse: Uma viagem internacionalista (no tempo) por sete países que tiveram experiências revolucionárias no século 20, acompanhada por uma voz feminina que recita o último texto de Rosa Luxemburgo.

Cadê Heleny? – Estreia Mundial
Direção: Esther Vital
Brasil, Espanha, 29’, 2022
Sinopse: Este documentário animado com técnicas de stop motion resgata a trajetória de vida de Heleny Guariba, filósofa, professora e diretora de teatro desaparecida em 1971, sob a ditadura militar brasileira.

CURTAS-METRAGENS INTERNACIONAIS

Nove curtas-metragens internacionais serão exibidos exclusivamente na plataforma Sesc Digital entre os dias 01 e 05 de abril.

Ali e Sua Ovelha Milagrosa (Ali and his Miracle Sheep)
Direção: Maythem Ridha
Iraque, Reino Unido, 26’, 2021
Sinopse: Ali, um garoto mudo de nove anos, leva sua ovelha favorita, Kirmeta, para ser sacrificada. Em sua longa viagem, eles testemunham as belezas e desvendam os males do Iraque. Mas será possível curá-los com um sacrifício?

Como Se Mede um Ano? (How Do You Measure A Year?)
Direção: Jay Rosenblatt
EUA, 29’, 2021
Sinopse: Um pai filma a filha todos os anos, no dia de seu aniversário, e faz a ela as mesmas perguntas. Em apenas 29 minutos, vemos a garota se transformar de menininha em jovem mulher.

Descartes (Descartes/Outtakes)
Direção: Concha Barquero, Alejandro Alvarado
Espanha, 21’, 2021
Sinopse: Em 2016, um grupo de realizadores descobriu na Cinemateca Espanhola 260 rolos de negativos em 16mm sobre o documentário Rocío, que foi censurado no início dos anos de 1980.

Continua após a publicidade

Fruto do Vosso Ventre (Fruit of Thy Womb)
Direção: Fábio Silva
Portugal, 20’, 2021
Sinopse: Um realizador regressa à casa dos pais para tentar compreender seu trauma.

Heroínas (Heroines)
Direção: Marina Herrera
Peru, 21’, 2022
Sinopse: Um documentário satírico sobre o culto de um grupo de mulheres que se dedicam à veneração do crânio da guerreira da independência Tomasa Ttito Condemayta.

Manual (Handbuch/Handbook)
Direção: Pavel Mozhar
Alemanha, 29’, 2021
Sinopse: Nos dias seguintes à eleição presidencial na Bielorrússia, numerosos
protestos irrompem por todo o país, para conter, a polícia especial, age com
brutalidade. Em entrevistas, centenas de vítimas contam suas experiências.

Cartaz de Festa (Party Poster)
Direção: Rishi Chandna
Índia, 20’, 2021
Sinopse: Nos subúrbios de Mumbai, a ciência, a religião e a política se chocam comicamente, em meio à ferocidade da pandemia, quando um grupo de lavadores de roupas decide desenhar um cartaz para celebrar uma festa popular anual.

Síndrome dos Quietos (Síndrome de los quietos/ The Stillness Syndrome)
Direção: León Siminiani
Espanha, 30’, 2021
Sinopse: Em 2018, um grupo de cineastas, que se autodenomina Os Imóveis, embarca no projeto de um filme ensaístico sobre uma síndrome de quietude hipotética na República da Colômbia.

Voz Virtual (Virtual Voice)
Direção: Suzannah Mirghani
Catar, Sudão, 7’, 2021
Sinopse: A boneca Suzi é uma guerreira do ego. É a avatar da diretora, marchando ao ritmo dos algoritmos das mídias sociais.

SESSÕES ESPECIAIS

Os filmes internacionais longas e curtas serão exibidos na plataforma É Tudo Verdade Play. Os curtas especiais brasileiros e internacionais também terão sessões em sala de cinema no IMS São Paulo e Rio de Janeiro.

CURTAS

01/04 – 15h30: Instituto Moreira Salles (SP)
01/04 – 14h: Instituto Moreira Salles (RJ)
10/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos exceto “Quando Fazíamos Bullying”, com 500 visionamentos

Duke Ellington em Isfahan (Duke Ellington in Isfahan)
Direção: Ehsan Khoshbakht
Reino Unido, 12’, 2021
Sinopse: O documentário conta a história da turnê de Duke Ellington pelo Oriente Médio em 1963 e da criação de um dos mais belos clássicos do jazz.

A Última Praga de Mojica
Direção: Cédric Fanti, Eugenio Puppo, Matheus Sundfeld, Pedro Junqueira
Brasil, 17’, 2022
Sinopse: O curta-metragem relata o processo de resgate e finalização de A Praga, dirigido por José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Produzido originalmente em 1980, o filme não chegou a ser concluído e era dado como perdido.

Quando Fazíamos Bullying (When We Were Bullies)
Direção: Jay Rosenblatt
EUA, Alemanha, 36’, 2021
Sinopse: Uma coincidência intrigante leva o cineasta a procurar seus colegas de quinta série e a professora para examinar suas lembranças e sua cumplicidade em um caso de bullying ocorrido há cinquenta anos. Um dos cinco finalistas ao Oscar de melhor documentário de curta-metragem deste ano.

Sem Título # 8 : Vai Sobreviver (Untitled # 8 : It Will Survive) – Estreia Mundial
Direção: Carlos Adriano
Brasil, 12’, 2021
Sinopse: Um tributo à atriz Anna Karina (1940-2019) que parte de sua atuação em Viver a Vida, de Jean-Luc Godard (1962), o filme que, em 1982, fez o cineasta Carlos Adriano decidir fazer (e pensar, e viver) cinema.

LONGAS

JFK Revisitado: Através do Espelho (JFK Revisited: Through the Looking
Glass)
Direção: Oliver Stone
EUA, 117’, 2021
08/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Arquivos que deixaram de ser sigilosos sobre o assassinato do presidente John F. Kennedy são examinados em um contexto amplo, com o objetivo de elucidar o que realmente aconteceu em 1963.

Joyce Carol Oates: Um Corpo a Serviço da Mente (Joyce Carol Oates: A Body in the Service of Mind)
Direção: Stig Björkman
Suécia, 94’, 2021
09/04: 19h – É Tudo Verdade Play – Limite de 1000 Visionamentos
Sinopse: Joyce Carol Oates é uma das maiores escritoras norte-americanas da atualidade. Uma amizade de anos e uma pesquisa incansável deram ao diretor Stig Björkman acesso sem precedentes à autora.

Montand é Nosso (Montand est à nous/All about Yves Montand)
Direção: Yves Jeuland
França, 100’, 2021
02/04 – 15h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: O documentário é uma jornada pelo século XX, em busca da trajetória de Yves Montand, ídolo do diretor Yves Jeuland e do roteirista Vincent Josse.

Relações Próximas (Rodney/Close Relations)
Direção: Vitaly Mansky
Letônia, Alemanha, Estônia, Ucrânia, 112′, 2016
01/04 – 15h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Entre 2014 e 2015, o cineasta Vitaly Mansky viajou pela Ucrânia, visitando integrantes de sua família. A partir de conversas, ele forma um mosaico sobre os desdobramentos da grave crise política que divide a nação. Reapresentação especial.

O ESTADO DAS COISAS

Mostra não-competitiva de documentários brasileiros e internacionais do É Tudo Verdade, dedicada a obras de viés informativo e jornalístico. Os filmes serão exibidos no É Tudo Verdade Play e os títulos brasileiros serão exibidos também em sessões presenciais no Sesc 24 de Maio e no IMS RJ.

A Apropriação (The Taking)
Direção: Alexandre O. Philippe
Estados Unidos, 76’, 2021
01/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Uma investigação radical das formas como o Monument Valley foi retratado no cinema e na publicidade. O filme investiga como um marco do território soberano dos nativos Navajo tornou-se o símbolo da fantasia de um Velho Oeste.

Diários de Mianmar (Myanmar Diaries)
Direção: Coletivo Cinematográfico de Mianmar
Mianmar, Holanda, Noruega, 70’, 2022
02/04 – 13h – É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Depois do golpe militar de 2021 em Mianmar, jovens ativistas de oposição usam estes diários em filme para comunicar-se com o mundo, pela tela de cinema, de um modo diferente daquele que é permitido aos noticiários de TV.

Oscar Micheaux: O Super-Herói do Cinema Negro (Oscar Micheaux: The Superhero of Black Filmmaking)
Direção: Francesco Zippel
Itália, 80′, 2021
10/04 – 15h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1000 Visionamentos
Sinopse: Um olhar sobre a vida e a obra do diretor e produtor independente Oscar Micheaux (1884-1951), um pioneiro da indústria cinematográfica afro-americana.

Prisma (Prisme/Prism)
Direção: Rosine Mbakam, An van. Dienderen, Eléonore Yameogo
Bélgica, Camarões, 77’, 2021
01/04 – 19h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: A belga An van Dienderen convidou Rosine Mbakam, camaronesa que vive em Bruxelas, e Éléonore Yaméogo, de Burquina Fasso e residente em Paris, para fazerem juntas um filme no qual as diferenças de cor de pele são o ponto de partida.

Quando uma Cidade se Levanta (When a City Rises)
Direção: Iris Kwong, Ip Kar Man, Cathy Chu, Han Yan Yuen, Huang Yuk-kwok, Jenn Lee, Evie Cheung
Hong Kong, Reino Unido, 100’, 2021
01/04 – 13h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: O filme acompanha um estudante de 21 anos, um casal de adolescentes e o jovem pai de duas crianças em sua guerra impossível pela democracia.

Quem Tem Medo? (Who is Afraid?) – Estreia Mundial
Direção: Ricardo Alves Jr, Dellani Lima, Henrique Zanoni
Brasil, 70’, 2021
09/04 – 19h: Sesc 24 de Maio
10/04 – 15h: Sesc 24 de Maio
10/04 – 16h: Instituto Moreira Salles (RJ)
10/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 2000 Visionamentos
Sinopse: Longa-metragem documental que narra a ascensão da extrema direita no Brasil a partir da perspectiva de artistas que tiveram obras censuradas

Um Jóquei Cearense Na Coreia (Smiling Jockey) – Estreia Mundial
Direção: Guto Parente, Mi-Kyung Oh
Brasil, Coreia do Sul, 75’, 2022
07/04 –19h: Sesc 24 de Maio
08/04 – 15h: Sesc 24 de Maio
08/04 – 16h: Instituto Moreira Salles (RJ)
08/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 2000 Visionamentos
Sinopse: O dia a dia desafiador do jóquei cearense Antonio Davielson e de sua família, que vivem em um país estrangeiro do outro lado do planeta.

Vento na Fronteira (The Wind Blows the Border) – Estreia Mundial
Direção: Marina Weis, Laura Faerman
Brasil, 78’, 2021
08/04 – 19h: Sesc 24 de Maio
09/04 – 15h: Sesc 24 de Maio
09/04 – 16h: Instituto Moreira Salles (RJ)
09/04 – 17h: É Tudo Verdade Play – Limite de 2000 Visionamentos
Sinopse: O filme se passa na violenta fronteira do Brasil com o Paraguai, coração do agronegócio brasileiro, e acompanha o crescimento do poder político ruralista e suas ligações íntimas com o governo de Jair Bolsonaro.

CLÁSSICOS É TUDO VERDADE

Chico Antônio – O Herói Com Caráter (Chico Antônio – The Hero WithCharacter)
Direção: Eduardo Escorel
Brasil, 40’, 1983
02/04 – 14h: Instituto Moreira Salles (RJ)
02/04 – 15h30: Instituto Moreira Salles (SP)
03/04 – 11h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
Sinopse: Resgate de um personagem real mencionado pelo escritor Mário de Andrade em seus trabalhos sobre a cultura popular brasileira, Chico Antônio, um cantador do interior do Rio Grande do Norte.

A História da Guerra Civil (The History of the Civil War)
Direção: Dziga Vertov; Nikolai Izvolov
Rússia, Israel, 94’, 1921-2021
02/04 – 11h: É Tudo Verdade Play – Limite de 1500 Visionamentos
03/04 – 14h: Instituto Moreira Salles (RJ)
03/04 – 15h30: Instituto Moreira Salles (SP)
Sinopse: Recuperado em 2021 depois de ter sido considerado perdido, o documentário de Dziga Vertov (1896-1954) cobre o desenrolar da Guerra Civil na Rússia (1918-1920) em doze partes, ordenadas cronologicamente.

É Tudo Verdade (It’s All True)
Direção: Orson Welles, Bill Krohn, Myron Meisel
EUA, 89’, 1993
01/04 – 17h30: Instituto Moreira Salles (SP)
01/04 – 16h: Instituto Moreira Salles (RJ)
Sinopse: O documentário reconstitui a obra não finalizada de Orson Welles sobre a América do Sul, rodada em 1942 e jamais terminada pelo diretor de “Cidadão Kane”(1941).

HOMENAGEM A ANA CAROLINA

Mais conhecida por sua produção ficcional, a cineasta Ana Carolina também destacase em seu período inicial como documentarista. O festival apresenta três curtas metragens e um longa, produzidos entre 1969 e 1975.

05/04 – 11h: É Tudo Verdade Play – Limite de 2000 Visionamentos:
Lavra Dor (Plowman)
Direção: Paulo Rufino
Brasil, 11’, 1968
Sinopse: Co-produzido e co-roteirizado por Ana Carolina, em diálogo com a poesia homônima de Mário Chamie (1933-2011), o filme debate a reforma agrária no Brasil, de forma livre e poética, mostrando as lutas e dificuldades do trabalhador rural, além de questões sindicais, após o golpe militar.

Indústria (Industry)
Direção: Ana Carolina
Brasil, 12’, 1969
Sinopse: Documentário que usa metáforas para tratar do desenvolvimento industrial no Brasil. Da tentativa de construção de uma indústria nacional à invasão, quase imediata, do capital estrangeiro.

Getúlio Vargas
Direção: Ana Carolina
Brasil, 76’, 1974
Sinopse: Um pioneiro ensaio de arquivo sobre Getúlio Vargas (1882-1954), líder da Revolução de 1930, ditador do Estado Novo (1937-1945) e, depois, presidente constitucional (1951-54), nos 25 anos de seu suicídio no cargo.

Anatomia do Espectador (Movie-Watcher Anatomy)
Direção: Ana Carolina
Brasil, 21’, 1975
Sinopse: Representando uma média de opiniões, a atriz Stela Freitas responde a uma série de perguntas que procuram mostrar a figura do espectador de cinema do Rio de Janeiro, seus hábitos, suas preferências, como e por que assiste a filmes.

RETROSPECTIVA UGO GIORGETTI

O cineasta paulistano Ugo Giorgetti ganha um retrospectiva de sua obra documental, com exibição de curtas, médias e longas produzidos entre 1973 e 2021. Os filmes serão exibidos apenas em sessões presenciais na sala Spcine – Centro Cultural São Paulo e no Instituto Moreira Salles RJ.

CURTAS UGO GIORGETTI
01/04 – 16h: Spcine – CCSP
03/04 – 20h: Spcine – CCSP
05/04 – 14h: Instituto Moreira Salles (RJ)
07/04 – 18h: Instituto Moreira Salles (RJ)

Campos Elíseos
Direção: Ugo Giorgetti
Brasil, 12’, 1973
Sinopse: A ascensão e a queda acentuada dos Campos Elíseos, bairro tradicional que atraiu homens de negócios e famílias importantes, mas tornou-se, décadas mais tarde.

R. São Bento 405 (405, São Bento Street)
Direção: Ugo Giorgetti
Brasil, 22’, 1976
Sinopse: O documentário apresenta o período de elegância e agitação cultural inicial e a decadência dos anos 1970, quando o governo se apropriou do edifício Martinelli, e expulsou os residentes.

Comercial F.C. – a Equipe Fantasma (Comercial F.C.)
Direção: Ugo Giorgetti
Brasil, 10′, 2014
Sinopse: O filme resgata a memória Comercial F.C, um dos clubes que integraram a Federação Paulista de Futebol, e conta com a participação de ex-jogadores, jornalistas e pesquisadores.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)