Imagem Blog

A Tal Felicidade

Saúde, bem estar e alegria para os paulistanos
Continua após publicidade

As pessoas que buscam a felicidade deveriam buscar a paz

O médico canadense Gabor Maté acredita que a felicidade é um estado temporário

Por Dr. Gabor Maté
28 jul 2023, 06h00

“Felicidade é resposta, normalmente uma resposta a coisas que acontecem quando tudo vai bem. Um estado mais profundo daquilo que buscamos é paz, a paz interior, e isso não é estado temporário. É, na verdade, um aspecto de quem somos ou o que podemos ser enquanto seres humanos.”

“Se você quer entender a dor das pessoas, não olhe para seus cérebros, olhe para suas vidas. Faça perguntas: o que aconteceu com você?”

“Você tem que conhecer a verdade. Se realmente olharmos a verdade por trás da nossa dor, então poderemos aprender. Se não, criamos mais sofrimento, é assim que funciona”.

“Não creio que esse sistema global ganancioso no qual estamos vivendo, que está destruindo a Terra, com ondas de calor por todos os lados, vá mudar no meu tempo de vida, eu tenho quase 80 anos. Não vai acontecer enquanto eu viver. Mas acredito que a transformação é possível, isso é otimismo.”

Continua após a publicidade

+ A tal felicidade: Felicidade é para todos?

“Nós somos interconectados. A nossa biologia, os nossos estados mentais são muito afetadas pela biologia e estados mentais dos outros. A questão é manter um verdadeiro sentido de si mesmo, e ao mesmo tempo estar genuinamente conectado aos outros. Essa é a questão.”

“O método Investigação Compassiva é intuitivo, mas também muito óbvio. Nós só precisamos saber o que perguntar na hora certa.”

Continua após a publicidade

“As pessoas podem estar muito abertas. Eu dei aulas diante de 500 pessoas e diante de 500 pessoas, elas sobem ao palco e falam sobre as mais intimidantes e difíceis questões em suas vidas, caso se sintam seguras. Então a questão é segurança.”

“Segurança não é apenas um processo interno, é um processo social, um processo interativo, um processo relacional.”

+ A tal felicidade: Como criar um refúgio de bem-estar através dos jardins

Continua após a publicidade

“Viajo pelo mundo todo, acabei de voltar da Turquia, Grécia e Hungria. A qualquer lugar que eu vá, e em qualquer idioma, são as mesmas questões, os mesmos problemas. Questões implícitas são universais porque somos seres humanos, nossas experiências de vida compartilham semelhanças”.

“Tenho que mencionar isso porque eu estou falando com o público brasileiro: o mundo lucrou às custas do povo indígena do seu país. Tomando suas terras, suas florestas, seus recursos, e ainda exterminando os indígenas. Se você vir como eles vivem, em seu estado primitivo, é comunitário, os rituais são comunitários.”

“Eu posso vivenciar um acontecimento doloroso, o que significa que eu não estou feliz, mas posso estar em paz ao mesmo tempo.”

Continua após a publicidade

Dr. Gabor Maté (@gabormatemd) é um médico canadense aposentado, palestrante e autor traduzido para 34 idiomas. Livro mais vendido no Canadá e best-seller pelo The New York Times, O Mito do Normal – Trauma, Saúde e Cura em um Mundo Doente (ed. Sextante) acaba de ser lançado em português. O documentário A Sabedoria do Trauma, baseado em seu trabalho e no método terapêutico da investigação compassiva, estreia nesta sexta (28) na plataforma de streaming Aquarius (@vivaemaquarius). dr. Gabor Maté foi entrevistado pela jornalista Helena Galante para o podcast Jornada da calma – a tradução é de Karina Sayuri

A curadoria dos autores convidados para esta seção é feita por Helena Galante. Para sugerir um tema ou autor, escreva para hgalante@abril.com.br.

Publicado em VEJA São Paulo de 2 de agosto de 2023, edição n° 2852

Compartilhe essa matéria via:

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.