Arte ao Redor

Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Uma curadoria de exposições, cursos e novidades dos museus, galerias e institutos culturais de São Paulo
Continua após publicidade

De Maria Bethânia a Francis Bacon: grandes exposições que estreiam em SP

Roteiro de mostras que serão inauguradas no primeiro semestre de 2024 também envolve nomes como Lygia Clark, George Love e Mário de Andrade

Por Tomás Novaes
Atualizado em 6 fev 2024, 11h35 - Publicado em 5 fev 2024, 10h17
  • Seguir materia Seguindo materia
  • O calendário de exposições do primeiro semestre de 2024 em São Paulo está repleto de grandes novidades nos principais museus e centros culturais da cidade.

    Publicidade

    Desde mostra em homenagem a Maria Bethânia até grande exposição com obras de Francis Bacon, confira a seguir alguns dos destaques dos próximos meses na capital paulista.

    Publicidade

    Grandes exposições em São Paulo para 2024

    ITAÚ CULTURAL

    Na sede da instituição cultural, localizada na Avenida Paulista, estreia no dia 13 de março a mostra Ocupação Maria Bethânia. A exposição irá abordar a trajetória da cantora baiana, sem se guiar por ordem cronológica, evocando temas como família e religiosidade.

    Publicidade
    Maria Bethânia
    Ocupação Maria Bethânia: exposição sobre a vida e obra da cantora baiana (Ana Basbaum/Divulgação)

    Em 3 de abril, abre a exposição inédita Claudia Andujar: Cosmovisão, que reunirá imagens de séries mais famosas da artista e também fotografias menos conhecidas. Uma série nova, produzida a partir do trabalho O vôo de Watupari (1976-2023), também estará exposta.

    Ainda no primeiro semestre, a Ocupação Artacho Jurado, que abre em 19 de junho, conta a história do arquiteto que, entre as décadas de 1940 e 1960, ajudou a desenhar a paisagem urbana de São Paulo.

    Publicidade

    Itaú Cultural. Avenida Paulista, 149, ☎ 2168-1777. ♿ Ter. a sáb., 11h/20h; Dom., 11h/19h. itaucultural.org.br.

    Continua após a publicidade

    MASP

    O Masp abre a sua programação de 2024 no dia 23 de fevereiro, com a mostra Gran Fury: arte não é o bastante. O coletivo produziu campanhas gráficas e intervenções públicas que denunciavam a negligência do governo americano sobre a aids nos anos 80 e 90.

    Publicidade
    gran-fury-exposição-masp
    Gran Fury: arte como ativismo na luta contra a aids (Biblioteca Pública de Nova York/Masp/Divulgação)

    No dia 22 de março, será a vez da exposição Francis Bacon: a beleza da carne, que pretende destacar como o artista irlandês (1909-1992) abriu caminhos para a presença queer na cultura visual. O acervo cobrirá mais de quatro décadas de trabalhos do pintor, provenientes de mais de vinte museus internacionais e coleções particulares.

    Encerrando as estreias do semestre, Mário de Andrade: duas vidas abre na mesma data, abordando o olhar queer do escritor (1893-1945) a partir da sua coleção pessoal, com uma seleção das obras e imagens por ele reunidas, hoje pertencentes ao Instituto de Estudos Brasileiros da USP (IEB-USP).

    Publicidade

    Masp — Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand. Avenida Paulista, 1578, ☎ 3149-5959. ♿ Ter., 10h/20h. Qua. a dom., 10h/18h. masp.org.br.

    PINACOTECA DE SÃO PAULO

    Na Pinacoteca de São Paulo, no edifício Pina Luz, três exposições abrem as portas no primeiro semestre do ano.

    Continua após a publicidade
    lygia-clark-pinacoteca
    Lygia Clark, ‘Relógio do sol’ (1960): grande exposição na Pinacoteca (Romulo Fialdini/Divulgação)

    Lygia Clark: Projeto para um planeta, com inauguração no dia 2 de março, reunirá obras da artista mineira produzidas entre as décadas de 50 e 80.

    No dia 23 do mesmo mês, também entra na programação a primeira exposição individual do artista Gervane de Paula em uma instituição paulista, com um recorte dos seus 40 anos de carreira.

    A Pina Contemporânea, a partir de 16 de março, recebe a instalação imersiva Sallisa Rosa: Topografias da memória, na Galeria Praça, com obra comissionada pela Audemars Piguet Contemporary. E, em 16 de maio, abre uma mostra individual da artista chilena Cecília Vicuña, na Grande Galeria.

    Na Pina Estação, entra em cartaz no dia 6 de abril a mostra 60 anos de ditadura, com acervos artísticos e documentais da Pinacoteca e do Memorial da Resistência. No dia 4 de maio, abre a maior exposição monográfica do artista J. Cunha.

    Pina Luz. Praça da Luz, 2, ☎ 3324-1000. ♿ Qua. a seg., 10h/18h. pinacoteca.org.br. Pina Contemporânea. Avenida Tiradentes, 273, Luz, ☎ 3324- 1000. ♿ Qua. a seg., 10h/18h. pinacoteca.org.br. Pina Estação. Largo General Osório, 66, Santa Ifigênia, ☎ 3335-4990. ♿ Qua. a seg., 10h/18h. memorialdaresistenciasp.org.br.

    Continua após a publicidade

    MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO (MAM-SP)

    No MAM-SP, George Love – o artista essencial abre a programação do ano no dia 29 de fevereiro. Será uma grande retrospectiva do fotógrafo americano (1937-1995), com uma seleção do seu arquivo e objetos relevantes de sua história.

    george-love-além-do-tempo-ma
    Imagem da Ilha do Marajó, de 1971: fotografia de George Love (George Love/Divulgação)

    Fechando a agenda do primeiro semestre, em 13 de junho a sala Milú Villela recebe uma individual do artista Ângelo Venosa (1973-2022), um dos mais emblemáticos escultores da chamada Geração 80.

    Museu de Arte Moderna de São Paulo. Parque Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, Vila Mariana, ☎ 5085-1300. ♿ Ter. a dom., 10h/18h. mam.org.br.

    INSTITUTO MOREIRA SALLES (IMS)

    As novidades de 2024 no Instituto Moreira Salles (IMS) começam com Que país é este? A câmera de Jorge Bodanzky durante a ditadura brasileira, 1964-1985, que abre em 23 de março com imagens do cineasta e fotógrafo paulistano, com foco na sua produção realizada durante o regime militar.

    jorge-bodanzky-ims-ditadura
    Fotografia de Jorge Bodanzky: Brasília em 1964 (Coleção Jorge Bodanzky/Acervo IMS/Divulgação)

    No dia 18 de maio, será a vez de uma exposição do fotógrafo tcheco Josef Koudelka, com curadoria do próprio e exibição das séries Ciganos e Exílios.

    Continua após a publicidade

    Instituto Moreira Salles — IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, ☎ 2842-9120. ♿ Ter. a dom., 10h/20h. ims.com.br.

    Compartilhe essa matéria via:

    Publicidade
    Publicidade

    Essa é uma matéria fechada para assinantes.
    Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

    Domine o fato. Confie na fonte.
    10 grandes marcas em uma única assinatura digital
    Impressa + Digital no App
    Impressa + Digital
    Impressa + Digital no App

    Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

    Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
    *Para assinantes da cidade de São Paulo

    a partir de 49,90/mês

    PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
    Fechar

    Não vá embora sem ler essa matéria!
    Assista um anúncio e leia grátis
    CLIQUE AQUI.