Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Confusão no Z Deli: filha briga com sócias da mãe

Bety Lucki afirma ter sido demitida de forma arbitrária e Rosa e Zenaide Raw dizem que ela não pagou os aluguéis

Por João Batista Jr. Atualizado em 5 dez 2016, 18h13 - Publicado em 25 mar 2011, 21h05

O clima esquentou na unidade da Alameda Gabriel Monteiro da Silva do restaurante judaico Z Deli, inaugurado em 1982. Bety Lucki, filha da cozinheira Lonka, que morreu em outubro do ano passado, está em pé de guerra com as sócias de sua mãe, Rosa e Zenaide Raw. “Fui demitida em janeiro de forma arbitrária”, alega Bety, então gerente da casa. Ela quis comprar a parte das duas por 400.000 reais, mas não obteve sucesso. “Tenho 33% do negócio e quero desfazer a sociedade.” Segundo a advogada de Rosa e Zenaide, Renata Di Pierro, a recusa de venda se deu por várias razões: “Para começar, ela não pagou os aluguéis de novembro e dezembro”. A quantia somaria 28.000 reais. Outro atrito: Bety diz que todas as sete funcionárias saíram de lá em solidariedade a ela. Renata refuta: “A verdade é que Bety demitiu as meninas para montar um bufê e tentar levar o Z Deli à falência”.

Publicidade