Clique e assine por apenas 6,90/mês

TRE de SP deve julgar nesta terça-feira ação que pede cassação de Doria

Governador é acusado de utilizar indevidamente a publicidade institucional da Prefeitura de São Paulo para promover sua candidatura nas eleições de 2018

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 14 fev 2020, 15h56 - Publicado em 8 out 2019, 09h19

Está previsto para esta terça-feira (8), às 15 horas, o julgamento de ação que pede a perda dos mandatos e a inelegibilidade do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM).

Na ação de investigação eleitoral, Doria é acusado de abuso de poder político por uso indevido da publicidade institucional da Prefeitura de São Paulo, durante sua gestão à frente da municipalidade – entre janeiro de 2017 e abril de 2018 -, para promover sua candidatura nas eleições de 2018.

O julgamento estava previsto para começar no dia 26 de setembro, mas foi adiado para esta terça. A Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-SP) pede, além da perda do mandato, a inelegibilidade, por oito anos, tanto dos candidatos quanto do secretário de Comunicação da Prefeitura à época, Fábio Souza dos Santos.

Em nota, a defesa do Governador João Doria afirma que “já se manifestou sobre esta ação demonstrando que não houve abuso do poder econômico e reitera a legalidade e a correção da sua conduta na gestão municipal.”

Publicidade