Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Hotel da Universal Music será construído no lugar do tobogã do Pacaembu

Em obras, estádio municipal foi concedido para a iniciativa privada; empreendimento de luxo será uma das atrações de novo edifício

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 30 nov 2021, 16h41 - Publicado em 30 nov 2021, 14h24

O tobogã do Pacaembu, arquibancada do estádio que foi construída nos anos 70 e não era tombada no patrimônio histórico, teve a demolição finalizada pela Allegra Pacaembu, que administra e reforma o estádio. Nesta terça-feira (30) a concessionária anunciou um dos planos para o edifício que será construído no local do tobogã.

+ Os planos para o novo Pacaembu, concedido à iniciativa privada

Um hotel de luxo vai ocupar dois dos nove andares (sendo quatro subterrâneos) do novo prédio que será construído no espaço. O empreendimento será da UMusic Hotels, uma joint venture entre a Universal Music Group e a Dakia U-Ventures, grupo de investimentos em entretenimento e hotelaria.

O hotel de luxo terá cinquenta quartos e um espaço para convenções, com uma programação focada em apresentações musicais, eventos corporativos e outras atividades, com capacidade para 8 500 pessoas. As obras no estádio começaram em junho deste ano e devem durar cerca de 28 meses, com investimento de 400 milhões de reais.

Além do novo edifício, a Allegra prevê a reforma da quadra de tênis coberta, da academia poliesportiva e a construção de uma arena de e-sports, que terá 3 500 metros quadrados e capacidade para 2 000 pessoas sentadas ou 5 000 em pé.

Continua após a publicidade

Publicidade