Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Taxista é obrigado a carregar dois homens mortos em carro no Centro

Vítimas foram esfaqueadas e grupo interceptou o veículo para socorrê-las; polícia busca identificar o assassino

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 30 set 2021, 09h31 - Publicado em 30 set 2021, 09h29

Um homem esfaqueou duas pessoas no centro de São Paulo na noite de terça-feira (28). De acordo com a polícia, após o crime, um grupo interceptou um taxista e o obrigou a socorrer as vítimas, que morreram. O caso é investigado pela Polícia Civil, que busca identificar o autor do crime.

Enquanto trafegava pelas ruas Aurora e Guaianazes, o taxista foi cercado por pessoas que abriram as portas traseiras do veículo e colocaram os dois homens feridos no carro. Quando o taxista percebeu que as vítimas estavam mortas, retirou os corpos de dentro do veículo.

Um dos homens foi identificado como Luiz Angel, um colombiano de 24 anos. O outro ainda não foi identificado. Uma das hipóteses da Polícia é que o crime tenha acontecido após uma briga de bar.

Até o momento, nenhum suspeito foi preso. O Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) auxilia a Delegacia Seccional na investigação.

Continua após a publicidade

Publicidade