Clique e assine por apenas 6,90/mês

Suzane von Richtofen é aprovada no Sisu para curso de turismo

Lista de selecionados para o Instituto Federal de São Paulo foi divulgada nesta quarta-feira (29)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 30 Jan 2020, 16h44 - Publicado em 30 Jan 2020, 16h43

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por armar o assassinato dos pais em 2002, foi aprovada no vestibular para o Instituto Federal de São Paulo.

Ela prestou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado e conseguiu a oitava posição no curso de gestão em turismo, no campus de Campos do Jordão, interior paulista. A inscrição foi feita pelo Sisu, o sistema de seleção unificada, que oferta vagas para diversas instituições públicas brasileiras. O local fica a cerca de 40 quilômetros da penitenciária onde Suzane está detida, na cidade de Taubaté.

Lista do Sisu mostra colocação de Suzane von Richthofen Reprodução/Divulgação

O curso é na modalidade noturna e as aulas vão das 19h às 22h40. As matrículas, que devem ser presenciais ou feitas por meio de procuração, começaram nesta quinta (30) e duram até 4 de fevereiro. Caso queria frequentar as aulas, ela deve pedir autorização para a Justiça.

É a terceira vez que Suzane é aprovada no vestibular. Ela também tentou vaga na Universidade Anhanguera de Taubaté, em 2016, e passou em administração. Um ano mais tarde conseguiu uma cadeira na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus do Brasil, no mesmo curso. Não se matriculou por medo de “represálias” dos colegas.

Continua após a publicidade

 

Publicidade