Clique e assine por apenas 6,90/mês

Suspeito de matar transexual a pauladas se entrega à polícia

Homem alega que cometeu o crime em legítima defesa

Por Redação VEJA São Paulo - 7 May 2019, 09h52

Um homem, suspeito de matar a transexual Larissa Rodrigues a pauladas, se apresentou à polícia na noite de segunda-feira (6). Ele prestou esclarecimentos sobre o caso acompanhado de um advogado.

O 27º DP, no Campo Belo, é o distrito responsável pela investigação e pediu a prisão preventiva do homem, que alegou ter assassinado Larissa em legítima defesa.

Uma testemunha, que estava com a jovem na hora do crime, afirma que o suspeito tentou atropelar a transexual antes de voltar com um pedaço de madeira para consumar o crime.  

O caso ocorreu na noite de sábado (4), na Alameda dos Tacaúnas, no bairro da Saúde, na Zona Sul de São Paulo. 

Publicidade