Suspeito de matar transexual a pauladas se entrega à polícia

Homem alega que cometeu o crime em legítima defesa

Um homem, suspeito de matar a transexual Larissa Rodrigues a pauladas, se apresentou à polícia na noite de segunda-feira (6). Ele prestou esclarecimentos sobre o caso acompanhado de um advogado.

O 27º DP, no Campo Belo, é o distrito responsável pela investigação e pediu a prisão preventiva do homem, que alegou ter assassinado Larissa em legítima defesa.

Uma testemunha, que estava com a jovem na hora do crime, afirma que o suspeito tentou atropelar a transexual antes de voltar com um pedaço de madeira para consumar o crime.  

O caso ocorreu na noite de sábado (4), na Alameda dos Tacaúnas, no bairro da Saúde, na Zona Sul de São Paulo. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s